Nas Bancas

Cão de Salma Hayek baleado por vizinho

A atriz está devastada.

CARAS
2 de março de 2016, 12:26

Salma Hayek está inconsolável com a morte do seu cão, Mozart. De acordo com a revista People, o cão, um pastor alemão, fiel companheiro da atriz mexicana há nove anos, foi morto por um vizinho na sua propriedade em Washington, Estados Unidos.
Um porta-voz da polícia de Thurston contou à publicação que o indivíduo estava em casa quando ouvi um barulho que parecia ser de uma luta entre os seus dois cães com os dois pastores-alemães da atriz. Depois disso, disparou a arma mas acabou por não perceber se o cão estava ferido, uma vez que este continuou a correr.
Hayek, de 49 anos, expressou a sua tristeza e indignação nas redes sociais, onde partilhou imagens de Mozart. "Não publico nada há uma semana porque tenho estado a chorar a morte do meu cão, Mozart, que ajudei a trazer ao mundo do útero da sua mãe. Ele foi encontrado morto no meu rancho na passada sexta-feira com um tiro perto do coração. Espero que as autoridades façam justiça a este cão maravilhoso que em nove anos nunca mordeu ou atacou ninguém", escreveu, agradecendo as mensagens de apoio dos fãs. "Estou emocionada com todas as histórias que partilharam após a morte de Mozart. Estou a tentar arranjar uma forma de usar a tecnologia e assim partilhar os meus sentimentos com vocês".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras