Nas Bancas

Sofia Ribeiro: “Eu não tenho vergonha de estar careca, tenho orgulho”

A atriz partilhou mais uma fotografia e uma mensagem de esperança no Facebook.

CARAS
24 de fevereiro de 2016, 11:38

A lutar contra um cancro da mama diagnosticada em novembro último, Sofia Ribeiro tem recorrido às redes sociais para partilhar os momentos delicados que está a viver com os seus seguidores. Desta vez, a atriz, de 31 anos, abordou o tema da queda de cabelo provocada pelos agressivos tratamentos de quimio e radioterapia e que deixa muitas mulheres inseguras e até com vergonha.
“Olá!!!

Espero que se encontrem bem.

Eu por aqui vou rija. Passo a passo, não estou longe mas acredito que cada vez mais perto.

Hoje nestas passadas, fui abordada por uma rapariga linda de 36 anos. Ela veio dar-me os parabéns por eu andar pela rua careca. Ela também está com cancro de mama e estava a usar um lenço... Contou-me que também gostava de andar sem ele (o lenço) mas que teme a reação dos outros...Disse-me que às vezes decide ‘hoje é que é’ mas depois desiste.

Fiquei a pensar nisto e resolvi partilhar com vocês.

Cada um é livre de fazer o que o faz sentir melhor, mais feliz e em paz! E se é de peruca ou de lenço, acho que isso é que importa! Mas já não é a primeira vez que me deparo com uma pessoa que me diz que gostava de ter coragem de andar com a sua careca por aí mas não o faz por vergonha, medo do julgamento...

Quando eu ando na minha vida pela rua, ou noutro sítio qualquer, ao longe, não de perto, também vivencio todo o tipo de olhares e reações.

Sorrisos constrangidos, olhares de dó, crianças espontâneas como só elas, que perguntam alto sobre aquela mulher careca que vai ali e deixam as mães azuis de vergonha. Olhares de apoio, muitos! Cochichos de curiosidade, apontadas disfarçadas... Mas principalmente olhares de respeito.

Digo-vos o que disse a elas: quanto mais mulheres se "assumirem" carecas pelas ruas, menos chocadas vão ficar as pessoas.

Eu não tenho vergonha de estar careca, tenho orgulho! É quase como se tivesse uma placa: "sim, tenho cancro! " Tenho e estou a vive-lo o melhor sei, com toda a força que tenho. Parabéns a mim!!!

Por isso, a quem está carequinha como eu digo-vos: Por mais difícil que seja, que é!...Tenham orgulho em vocês em serem como são. Quantas mulheres podem dizer que já foram carecas ?!...Sim, eu sei, no nosso caso não foi uma opção, mas a nossa carequinha diz que somos vencedoras e somos sim, muito merecedoras de respeito.

Um beijinho enorme cheio de sorrisos no vosso coração”, escreveu.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras