Nas Bancas

Após vencer Urso de Ouro em Berlim, Leonor Teles afirma: “Foi completamente inesperado”

‘Balada de um Batráquio’ foi considerada a melhor curta-metragem apresentada na 66.ª Berlinale.

CARAS
21 de fevereiro de 2016, 12:50

Balada de um Batráquio, de Leonor Teles, recebeu este sábado, 21 de fevereiro, o Urso de Ouro na categoria de curtas-metragens, no Festival Internacional de Cinema de Berlim. Em declarações à agência Lusa, a realizadora confessou que o prémio “foi completamente inesperado”. “Nunca pensei, achei que era impossível. Somos pequeninos, fizemos um filme com pouco dinheiro, sempre acreditaram em mim e estar aqui e ter ganhado o Urso de Ouro é uma coisa inacreditável", acrescentou Leonor Teles após a entrega dos galardões.
O filme expõe comportamentos xenófobos em relação a membros da etnia cigana em Portugal e tem como objetivo ajudar a combatê-los.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras