Nas Bancas

Céline Dion vende casa onde viveu com o marido

René Angélil morreu em janeiro último.

CARAS
19 de fevereiro de 2016, 14:27

A mansão de Céline Dion e René Angélil na ilha de Gagnon, Canadá, estava à venda há mais de dois anos, mas só agora o negócio foi concluído. Para a cantora esta é certamente uma boa notícia, uma vez que ainda está a aprender a lidar com a ausência do marido – que morreu no passado dia 14 de janeiro – e desta forma não terá de se confrontar com as recordações que a casa lhe traz.
De acordo com o jornal canadiano La Presse, quando colocou a propriedade à venda o casal pediu cerca de 22 milhões de euros, mas o agente imobiliário responsável pelo negócio não quis revelar o montante final conseguido. “A casa está vendida e essa é a única informação que posso dar, por respeito à Céline. Era a propriedade mais cara à venda no mercado imobiliário do Quebeque. Nos últimos meses recebemos várias propostas e notámos que houve um grande interesse na casa”, afirma José Montanaro.
De acordo com a agência imobiliária, a residência tem seis quartos, três casas de banho, três wc, uma sala de estar, uma sala de jantar, uma cozinha e vários terraços.
Aos poucos, Céline Dion está a retomar a sua vida normal e já regressou aos ensaios em Las Vegas. A artista retomará os espetáculos no próximo dia 23. Recorde-se que além do marido, que morreu aos 73 anos após uma longa batalha contra um cancro na garganta, a artista perdeu ainda o irmão, Daniel, de 59, também vítima de doença prolongada.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras