Nas Bancas

Céline Dion e o irmão Daniel

Céline Dion e o irmão Daniel

Getty Images

Céline Dion não assistiu ao funeral do irmão

A cantora reuniu-se com a família horas antes, mas não esteve presente no último adeus a Daniel.

CARAS
26 de janeiro de 2016, 16:36

Deixar que Daniel “partisse em paz” e que no seu funeral “todas as atenções viradas para ele”. Terão sido estes os motivos que levaram Céline Dion a tomar a decisão de não estar presente no funeral do irmão, de acordo com a imprensa canadiana. “Ela queria que o momento fosse do seu irmão e evitar tornar-se numa distração por ser uma figura pública”, relata o canal TVA, citando fontes próximas da artista.
Contudo, isso não significa que Céline Dion não tenha estado ao lado da família neste momento delicado. A artista esteve no velório com a mãe, Thérèse, e os outros 12 irmãos e ontem, 25 de janeiro, dia em que se realizou o funeral, só deixou a família momentos antes da igreja ser aberta ao público. O Journal de Montréal adianta também que, embora frágil, a artista cantou com os restantes familiares para homenagear Daniel, que morreu no dia 16 de janeiro, aos 59 anos, vítima de cancro da garganta, língua e cérebro.
Refira-se que, dois dias antes de perder o irmão, Céline Dion enfrentou a morte de René Angélil, o homem com quem esteve casada durante 21 anos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras