Nas Bancas

Céline Dion “em choque” com a morte do marido

Embora soubesse que o fim estava próximo, a cantora não esperava que fosse tão cedo, conta amiga da família.

CARAS
15 de janeiro de 2016, 12:56

René Angélil morreu esta quinta-feira, 14 de janeiro, aos 73 anos, após uma “longa e corajosa luta contra o cancro”, conforme pode ler-se no comunicado emitido pela sua mulher, Céline Dion, a confirmar a notícia. E embora este momento estivesse a ser preparado há vários meses, fonte próxima da família garante que a artista ficou “em choque”. “Sabíamos a luta que ele estava a travar, mas tinha dias bons e dias maus. Era esperado, mas nunca conseguimos preparar-nos. Se ele estava às portas da morte [nesse dia]? Não. Foi um choque”, conta amiga da família citada pela revista People. Outra fonte revela que o empresário até teve algumas reuniões de trabalho esta semana e andava bastante ocupado. “Ninguém estava à espera que isto acontecesse esta semana”, conclui.
Céline Dion e René Angélil conheceram-se quando a artista tinha apenas 13 anos e ele se tornou seu agente. A relação profissional transformou-se numa história de amor e, apesar de terem 26 anos a separá-los, casaram-se em dezembro de 1994. Cinco anos depois, o produtor foi diagnosticado com cancro da garganta pela primeira vez, mas a doença não abalou a relação. Em 2013, a família foi novamente confrontada com a doença e René foi operado para remover um tumor. Desde então e, apesar dos tratamentos, o estado do canadiano não voltou a melhorar e a artista disse em várias ocasiões que a família vivia um dia de cada vez, com a noção que o fim podia estar próximo.
Juntos, René e Céline tiveram três filhos: René-Charles, de 14 anos, e os gémeos Eddy e Nelson, de cinco. O produtor era ainda pai de Anne-Marie, Patrick e Jean-Pierre, de relações anteriores.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras