Nas Bancas

David Bowie foi cremado em Nova Iorque

A notícia é avançada pelo jornal 'Daily Mirror'.

CARAS
14 de janeiro de 2016, 11:33

David Bowie terá sido cremado em Nova Iorque, pouco depois da sua morte, no passado domingo, 10 de janeiro. De acordo com o Daily Mirror, o músico britânico disse à família que apenas queria ser lembrado pela sua música, motivo pelo qual não houve qualquer cerimónia pública ou privada.
"Ele quereria desaparecer sem agitação, sem um grande espetáculo, sem estardalhaço. Este seria o seu estilo. O seu último álbum, Blackstar, foi a sua despedida", refere uma fonte à publicação.
O cantor tem sido homenageado por milhares de fãs um pouco por todo o mundo, incluindo na sua terra natal, Brixton, no sul de Londres. Além disso, será recordado na cerimónia dos Brit Awards, que terá lugar no próximo dia 24 de fevereiro, e também num concerto realizado no Carnergie Hall, em Nova Iorque, a 31 de março. Cyndi Lauper, The Roots e The Mountain Goats serão alguns dos convidados para interpretar as grandes canções de David Bowie.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras