Nas Bancas

Lúcia Garcia garante: “O Bruno tem sido um companheiro maravilhoso”

Para gostar mais da imagem que vê no espelho e melhorar a sua autoestima, a manequim e atriz decidiu aumentar o peito. Ao seu lado neste processo esteve o namorado, o futebolista Bruno Aguiar.

Marta Mesquita
21 de dezembro de 2015, 17:30

Lúcia Garcia personifica o ditado popular “depois da tempestade vem a bonança.” Após a sua dolorosa separação de Isaac Alfaiate, com quem viveu durante seis anos, a manequim não esperava – nem queria – apaixonar-se tão rapidamente como aconteceu. Contudo, as qualidades de Bruno Aguiar conquistaram-na, ganhando a confiança necessária para se aventurar numa nova relação. Juntos desde o verão, Lúcia e o futebolista vivem tempos felizes, mas recusam fazer planos a longo prazo, vivendo, como a manequim assegura “um dia de cada vez.”
Tendo como mote a mamoplastia de aumento que fez recentemente, a manequim conversou com a CARAS sobre esta nova fase da sua vida.
– Aumentar o peito já era um desejo antigo?
Lúcia Garcia – Já tinha esta ideia há oito anos, desde que a Matilde nasceu. Pesquisei onde poderia fazê-lo e cheguei à MyMoment, onde fui muito bem acompanhada. Fiz a cirurgia e agora fiquei com o peito que tinha antes de ser mãe, que foi sempre o meu objetivo. Optei por uns implantes com garantia vitalícia e que são muito seguros.
– Ponderou muito antes de partir para a cirurgia?
– Ponderei, até porque sei que fiz uma operação por capricho e não por questões de saúde, mas sinto-me muito bem com o resultado final. Aumentar o peito foi muito importante para a minha autoestima. Mesmo o meu pós-operatório foi muito tranquilo, sem dores.
– O Bruno apoiou-a em todo o processo?
– Sim, o Bruno esteve sempre muito presente e preocupado. Deu-me todo o apoio. Passou-me muita confiança. É bom ter uma pessoa tão atenciosa ao meu lado. É meu namorado, mas é também meu amigo. O Bruno tem sido um companheiro maravilhoso. Penso que ser amiga do meu namorado é a base para construirmos uma relação duradoura.
– Percebe-se que está feliz ao lado do Bruno...
– Tudo acontece por uma razão. Neste momento, vivo um dia de cada vez. Estou muito feliz ao lado do Bruno e sinto que temos uma relação madura, o que é muito positivo.
– E o anel que tem na mão é de noivado?
– Não. Foi uma aliança que o Bruno me ofereceu. Foi um momento especial, porque não estava à espera de receber este anel.
– Mas ainda é cedo para pensar em casar-se novamente?
– Sim, é. Como disse, vivo um dia de cada vez e não faço grandes planos. Só quero ter saúde e estar rodeada das pessoas que me fazem bem. Cheguei à conclusão de que só está comigo quem quer realmente estar. Tenho a minha consciência muito tranquila.
– Sente que depois da sua separação surgiu uma nova Lúcia?
– Surgiu a Lúcia que era há vários anos. Aprendi que não posso deixar de ser quem genuinamente sou por causa da pessoa que está ao meu lado.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras