Nas Bancas

A felicidade de Elsa Quintela: “Tenho uma família muito unida”

A proprietária da Nude Fashion Store abriu as portas de sua casa e falou do seu lado mais pessoal.

Andreia Cardinali
12 de dezembro de 2015, 14:00

Assim que se entra em casa de Isabel Quintela, é óbvia a sua paixão pela moda. “A minha primeira brincadeira foi juntar as roupas da minha mãe e vender aos meus clientes imaginários. Sempre fui fascinada por este mundo. Nem lhe posso chamar paixão ou trabalho, é intrínseco”, explicou a proprietária da Nude Fashion Store. Apesar desta entrega total, a empresária tem o cuidado de não descurar o seu lado de mãe e mulher, tendo na filha Carlota, de três anos, e no companheiro, Jorge Fróis, os seus principais pilares.
– A paixão pela moda foi uma influência da sua mãe, com quem trabalha?
Abso­­lutamente. Mas também das minhas avós, todas com estilos diferentes, únicos, nada consensuais e isso deu-me uma abertura do mundo e da harmonia estética que ainda hoje me inspiram.
– Como consegue evitar que as tendências dominem o seu visual?
Não é a roupa que nos dá um estilo, nós é que temos de imprimir a nossa individualidade e expressá-la naquilo que vestimos.
– Trabalhar com moda torna-a mais atenta e vaidosa ou, por outro lado, sempre que possível tenta desligar?
Vestir-me de manhã não é um processo fácil, porque vou para a loja e sou, de certa forma, avaliada. Tenho uma responsabilidade... Mas quando estou de férias gosto, em tom de brincadeira, de um vestido ‘quadrado’, preto ou branco, sem informação, para descansar um pouco da moda.
– Com tanta dedicação à carreira, como consegue equilibrar esse lado com a maternidade?
Com ajuda e muito rigor no meu dia-a-dia. Levo-a sempre à escola, vou buscá-la sempre que posso e acho que a Carlota é uma criança feliz. Quando está comigo os momentos são positivos e muito presentes.
– Como menina, ela também já está atenta à moda?
Não podia estar menos [risos]. Não liga muito a roupa... É feminina, mas não gosta de laçarotes na cabeça, gosta de estar descontraída... Tem o seu estilo e eu fomento isso, gosto que ela se sinta bem e expresse a sua personalidade tal como é.
– Isso quer dizer que como mãe também é descontraída?
Sim, mas gosto de regras. Às vezes sou a má da fita, o pai é mais permissivo e derrete-se ao primeiro sorriso. Ligo muito às horas de deitar e há coisas que acho muito importantes, mas temos uma relação muito feliz as duas.
– A Carlota é mais parecida com quem?
Fisicamen­te, é igual ao pai, mas de personalidade é muito parecida comigo: gosta de se deitar tarde, de estar atenta a tudo e comentar mais tarde...
– E ter mais filhos faz parte dos vossos planos?
Tenho cinco irmãos e adoro a convivência com eles, por isso, sim, gostava que a Carlota tivesse irmãos. Vamos ver... [risos].
– Calculo que o seu companheiro seja fundamental para o equilíbrio entre a vida profis­sional e a pessoal...
Ele é o meu apoio, sem ele seria muito complicado. Tenho uma família muito unida.
– Estão juntos há quase sete anos. Há planos de casamento?
Vivemos o nosso casamento todos os dias, não precisamos de muito mais [risos]. Já fui casada e agora vivo feliz todos os dias assim.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras