Nas Bancas

Aplausos e muitas gargalhadas na estreia do filme “O Leão da Estrela”

“Foi dos trabalhos que mais gostei de fazer.” (Manuela Couto)

CARAS
6 de dezembro de 2015, 18:00

Quase quatro meses depois de ter estreado O Pátio das Cantigas, um autêntico sucesso de bilheteira, Leonel Vieira apresenta agora outro remake de mais um grande clássico nacional, O Leão da Estrela. Para este filme, que integra a homenagem ao chamado “período de ouro” da comédia do cinema português, o realizador contou com muitos dos atores com quem trabalhou no remake anterior. Foi o caso de Sara Matos: “Entre um filme e outro tive um intervalo de uma semana, mais ou menos, embora tenha sido muito divertido fazer O Leão da Estrela. Ao princípio fiquei um bocadinho assustada, porque era outra vez comédia e eu queria diferenciar uma personagem da outra, mas decidi arriscar numa personagem completamente diferente da Amália. Confesso que nenhuma das duas foi fácil, porque eram uma novidade, um verdadeiro desafio.” Um sentimento partilhado também por Dânia Neto. “É um desafio muito grande mudar de personagem num espaço de quatro dias, mas adorei fazer os dois filmes, sendo que um foi completamente diferente do outro”, confessou. Quem se estreou nestes remakes foi Manuela Couto e não podia estar mais satisfeita. “Foi dos trabalhos que mais gostei de fazer. Foi inesperado, porque entrei na véspera de começarem as gravações. Acho que foi um risco, mas foi uma aposta ganha”, avaliou a atriz.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras