Nas Bancas

Tamara Comolli revela-se feliz por trazer as suas joias para Portugal

Com uma simpatia contagiante e um sorriso que desarma, a ‘designer’ alemã esteve em Lisboa.

Vanessa Bento
5 de dezembro de 2015, 16:00

Nasceu na Alemanha, mas foi em Gibraltar que Ta­mara Comolli cresceu e cedo teve noção do fascínio que sobre ela exerciam as pedras coloridas que encontrava na areia da praia. Esse entusiasmo nunca esmoreceu e tornou-se uma paixão que definiu o seu caminho de vida. “Sempre gostei de cor. Aos 14 anos fiz a minha primeira coleção, com pulseiras de couro e pedras coloridas. Os meus pais nunca entenderam, sempre acharam que era apenas um passatempo. Na verdade, fui para a faculdade estudar Gestão porque os meus pais não aceitavam que isto pudesse tornar-se uma profissão”, confessou a designer de joias à CARAS, durante uma conversa descontraída na zona de Belém. Contudo, aos 28 anos decidiu seguir o seu coração e largar o que tinha como certo. “Um dia estava numa reunião e pensei que não era aquele o caminho. E despedi-me. Deixei tudo de um dia para o outro e comecei a andar de porta em porta, nos Estados Unidos, para tentar vender a primeira coleção da marca”, assumiu. Hoje não podia estar mais feliz e realizada: entretanto, tornou-se um nome incontor­nável da joa­lharia mundial, criando peças sem pretensões, mas cheias de alma. “Cada uma das minhas criações tem um bocadinho da minha alma. São o reflexo do que sou. Seria incapaz de criar uma peça de que não gostasse. Tudo nas minhas coleções tem um significado”, explicou.
Com nome cimentado nos EUA e em vários países da Europa, Tamara pretende vingar agora em Portugal, país que conhece bem, já que é aqui que passa férias há mais de dez anos. “Portugal é a minha cara. Tem praia, campo, as paisagens são lindas... Venho sempre com a minha família, costumamos ir para o Algarve. Na realidade, o meu filho está neste momento na Quinta do Lago a jogar golfe, com o pai”, contou, divertida.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras