Nas Bancas

Oscar.jpg

Getty Images

Oscar Pistorius: Tribunal revê decisão e muda acusação para homicídio voluntário

O atleta tinha sido inicialmente acusado de homicídio involuntário e arriscava uma pena de cinco anos de prisão. Agora é acusado de homicídio voluntário e a pena pode ir até aos 15 anos.

Lusa
3 de dezembro de 2015, 11:15

O Supremo Tribunal de recurso da África do Sul declarou hoje o atleta paralímpico Oscar Pistorius culpado de "morte", abrindo assim a via para uma condenação de pelo menos 15 anos.
O acusado é "culpado de morte, porque teve uma intenção criminosa" no momento dos tiros que provocaram a morte à sua então namorada, Reeva Steenkamp, sentenciou o tribunal, acrescentando que o processo será "reenviado à jurisdição de primeira instância para que a sentença seja revista".
Na primeira instância, Pistorius fora condenado a cinco anos de prisão por "homicídio involuntário".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras