Nas Bancas

Adele

Adele

D.R.

Novo álbum de Adele já é o mais vendido do ano

Recorde alcançado em menos de uma semana.

CARAS
26 de novembro de 2015, 10:55

Quando o tema Hello foi lançado, no final de outubro, ficou claro que o novo disco de Adele, 25, seria mais um grande sucesso. E a verdade é que o álbum, lançado no passado dia 20, já se tornou no mais vendido do ano. De acordo com a empresa responsável pela distribuição, na semana segunda-feira de manhã, dia 23, tinham sido vendidas 2,3 milhões de cópias.
O regresso de Adele após três anos de ausência, durante os quais se dedicou ao filho, Angelo, fica assim marcado por uma série de recordes. A saber: Hello tornou-se número um dos tops em 27 países em menos de uma semana; o videoclip foi o mais visto no site Vevo em menos de 24 horas; 25 é o álbum mais vendido de sempre em menos de uma semana e agora também o mais vendido em 2016.
Numa entrevista recente, a artista contou como lida com a sua música. “Sei que escrevi um bom tema quando começo a chorar”, revela, explicando que alguns dos seus maiores sucessos foram escritos em momentos de grande depressão, como sucedeu com o álbum 21, lançado depois de ter terminado a relação com o fotógrafo inglês Alex Sturrock. “Para que eu me sinta confiante com as minhas músicas, elas têm que me emocionar. Sei que escrevi um bom tema quando começo a chorar. Quando as lágrimas não param de cair no estúdio e eu preciso de me isolar por alguns momentos”, contou ainda. Contudo, Adele garante que não quer voltar a sentir-se como quando escreveu 21, pois “foi terrível”. “Sentia-me miserável, sozinha, triste, com raiva e amarga. Achei que ficaria solteira para o resto da vida. Achei que não seria capaz de amar de novo. Não vale a pena ficar nesse estado. Ou valeu por tudo o que aconteceu, mas não quero voltar a sentir-me assim para escrever um bom tema. Eu costumava deixar-me afundar completamente. Quando eu estava triste e confusa – temas principais dos meus discos até agora – entregava-me completamente a esse estado. Ia-me abaixo, sentava-me no escuro, ficava a sentir pena de mim própria e não aceitava a ajuda de ninguém. Não tentava sair com os meus amigos ou arranjar algo que me mantivesse ocupada. Na realidade, eu adorava esses momentos de drama e alimentava-os”, adianta.
Agora, a intérprete de Hello está numa fase mais positiva da sua vida e o álbum 25 reflete isso mesmo. “Eu sou o pilar do meu filho e quero estar presente. E também quero estar presente para o meu namorado, não quero que mergulhemos juntos num estado de tristeza em prol da minha arte”, garante.
Adele e o namorado, Simon Konecki, foram pais de Angelo em outubro de 2012.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras