Nas Bancas

Gala dos 70 anos da UNESCO reúne famosos no Teatro de São Carlos

Um jantar de gala seguido de momentos artísticos animou a noite, que foi também pretexto para um desfile de elegância.

CARAS
26 de novembro de 2015, 17:30

Música, bailado e homenagens marcaram a gala em honra dos 70 anos da UNESCO no passado dia 10 de novembro, Dia Mundial da Ciência, no Teatro Nacional de São Carlos. O evento contou com a participação de várias caras conhecidas, entre as quais Ana Rita Clara que, ao lado do bailarino César Augusto Moniz, apresentou uma parte do evento. “É uma honra para mim, porque sou uma mulher de causas e gosto de estar envolvida neste tipo de momentos. O César lutou muito para termos este tipo de eventos em Portugal, portanto, abrir a cerimónia com ele, neste palco tão grandioso, é um momento único.” Uma opinião partilhada por Isabel Figueira, outra das apresentadoras da gala: “Já tinha saudades de apresentar uma gala com um teor tão importante. Fazer parte desta gala é um privilégio.” A cerimónia ficou também marcada pela estreia do modelo Jonathan Sampaio como apresentador, ao lado de Isabel Figueira. “É um desafio muito interessante, é a primeira vez que me convidam para apresentar, espero estar à altura. Estou um bocadinho nervoso, nem tive tempo de ir aos ensaios, mas vou estar ao lado da Isabel, que já tem mais experiência, por isso espero que seja mais fácil.”
O cientista e antigo ministro da Ciência Mariano Gago, que morreu em abril, foi home­nageado por ocasião deste Dia Mundial da Ciência, numa gala que viu desfilar em palco um elenco de luxo que incluiu cantores líricos, bailarinos de dança clássica e contemporânea, os D.A.M.A., a Ala dos Namorados e ainda a banda MurMur, que tem como vocalista Sandra Celas. “Já não tocávamos há imenso tempo, estou um pouco nervosa por isso e porque hoje vamos tocar com a Banda Sinfónica da PSP, portanto, é uma versão da música um bocadinho diferente”, contou a atriz, que garante ter tempo para se dividir entre as duas áreas artísticas. “A música e a representação são as minhas duas paixões e é costume dizer-se que quem corre por gosto não cansa. Acho que uma coisa alimenta a outra, consigo sempre arranjar tempo para conciliar os dois.”
O grupo de caras conhecidas que apresentaram a gala incluiu ainda a atriz Isabel Medina, que destacou a relevância deste evento: “Grande parte do desenvolvimento pelo mundo fora deve-se à UNESCO e é um trabalho que nós temos que saber reconhecer.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras