Nas Bancas

Nicole Kidman emociona-se ao dedicar prémio ao pai

Antony Kidman morreu em setembro do ano passado, na sequência de uma queda.

CARAS
25 de novembro de 2015, 12:28

Passou mais de um ano sobre a morte do seu pai, mas Nicole Kidman ainda tem dificuldades em lidar com a perda. Este domingo, 22 de novembro, quando recebeu o prémio de Melhor Atriz nos Evening Standard Theatre Awards, em Londres, pela peça Photograph 51, não conseguiu esconder a emoção ao dedicar o galardão a Antony Kidman. “Eu só fiz esta peça porque o meu pai morreu há um ano e ele era cientista. Fiz isto por ele. Era ele quem me dava força para subir ao palco todas as noites. Estou tão feliz por sentir que ele continua presente e me ajuda de certa forma. Esta é a minha maneira de lhe prestar homenagem, mas também de reconhecer o mérito de todas as pessoas que trabalham na área da ciência e que muitas vezes ficam na sombra, ninguém as conhece nem sabe o que fazem. Ele sabia que eu ia fazer esta peça e gosto de pensar que, embora não esteja presente fisicamente, continua aqui a apoiar-me”, disse a artista, sem conseguir conter as lágrimas.
De referir que nesta peça, Nicole Kidman veste a pele de Rosalind Franklin, uma das investigadoras que descobriu a estrutura do ADN.
Nesta noite especial, a atriz, de 48 anos, contou com o apoio do marido, o músico Keith Urban, de 45.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras