Nas Bancas

Katia Guerreiro

Katia Guerreiro

CARAS

Katia Guerreiro mantém concerto nos arredores de Paris apesar dos atentados

Nas mensagens partilhadas no Facebook, a fadista não esconde o receio mas garante que “a vida tem de continuar com a coragem de superar todos os medos”.

CARAS
15 de novembro de 2015, 11:57

Na noite da passada sexta-feira, 13 de novembro, Katia Guerreiro estava a poucos quilómetros de Paris a atuar quando os ataques terroristas deixaram a cidade virada do avesso e o mundo em choque. Nas redes sociais, a fadista tranquilizou os seus seguidores, dizendo que tanto ela como os seus músicos se encontravam bem e que, apesar do medo que todos sentem, tinha sido tomada a decisão de cumprir a agenda e de atuar este domingo, dia 15. “Queridos amigos, ficámos aqui apesar de tudo! Amanhã cumpriremos o nosso concerto mais uma vez, aqui tão perto de todos os acontecimentos de ontem. Estamos à beira de Paris e por muito medo, que não escondemos, resta a coragem e a vontade de ajudar a recuperar a vida que ontem mudou. Estamos todos bem e atentos. Amanhã, o concerto será ainda mais especial e o meu coração abre-se mais do que nunca para soltar o que todos sentimos por dentro. Rezem por nós, os que rezam, torçam por nós os que torcem. O nosso fado ecoará bem alto amanhã aqui, em Saint-Cyr-l'École, no Thêatre Gèrard Phillipe! Boa noite a todos!”, escreveu Katia Guerreiro ontem à noite na sua página oficial do Facebook.
E já esta manhã, a fadista deixou mais uma mensagem: “Com medo, com coragem, às portas de Paris, já estamos a preparar um concerto que ficará na história das nossas vidas, porque a vida tem de continuar com a coragem de superar todos os medos! Se há país que merece esta nossa resistência ao terror instalado, é este. É França, que me fez artista, que me acolhe há 15 anos, que me concedeu a primeira condecoração da minha vida, que me acarinha, que me reconhece sempre como sendo sua. Hoje canto aqui para juntos curarmos a alma. Cantarei a vida que se deve celebrar, mesmo a dos que a perderam, sobretudo a dos que a perderam nos últimos dias”.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras