Nas Bancas

Isabel Preysler e Mario Vargas Llosa: Dias descontraídos em Nova Iorque

Nesta descontraída visita a Nova Iorque, a espanhola e o escritor peruano almoçaram com o filho mais velho de Vargas Llosa, Álvaro, a mulher deste, Susana Abad, e a filha do casal, Aitana, de 16 anos, com quem foram depois ao cinema.

CARAS
2 de novembro de 2015, 18:00

Nova Iorque voltou a ser pal­co de mais um capítulo na história de amor protago­nizada por Isabel Preysler e Mario Vargas Llosa. Depois de terem exibido o seu romance, há cerca de um mês, na inauguração de uma loja na Quinta Avenida (romance esse que foi assumido perante o público em julho, quando vieram juntos a Lisboa, ao aniversário do empresário João Flores), a socialite, de 64 anos, e o Nobel da Literatura peruano, de 79, voltaram a ser o centro das atenções durante uma gala que decorreu no Metropolitan Club de Nova Iorque, um dos mais antigos e prestigiados clubes privados dos EUA.
Mario Vargas Llosa foi distinguido com a Medalha Sorolla, entregue pela Sociedade His­pânica da América, pela sua contribuição para as artes e cultura hispânicas e Isabel Preysler não conseguiu disfarçar o brilho no olhar quando o companheiro agradeceu tamanha distinção. Perante uma plateia constituída pela nata da alta sociedade nova-iorquina e espanhola, a ex-mulher de Julio Iglesias mostrou continuar apaixonada e disposta a mostrar ao mundo que nunca é tarde demais para apostar no amor.
Durante esta visita a Nova Iorque, o casal encontrou-se com o filho mais velho do escritor, Álvaro, a mulher deste, Susana Abad, e a filha dos dois, Aitana, de 16 anos, com quem almoçaram no famoso restaurante Harry Cipriani. Depois, os cinco aproveitaram a tarde para ir ao cinema. Num comunicado recente, o filho de Vargas Llosa, querendo pôr um ponto final nas especulações que envolvem a relação do pai e a suposta traição à mãe (Patricia Llosa, mãe dos três filhos do escritor), declarou, sobre Isabel Preysler: “Parece uma pessoa interessante, uma pessoa elegante, e evidentemente representa algo importante para o meu pai.” E a verdade é que o convívio familiar parece fazer-se sem dificuldades.
Animados e decididos a usufruir da cidade americana, Isabel Preysler e Vargas Llosa ainda aproveitaram a oportunidade para visitar a exposição Berlim Metropolis: 1918-1933, patente na Neue Galerie. Entretanto, regressaram a Madrid, onde estão a viver juntos (desde que se tornaram o casal-sensação em Espanha, não há passo que deem que não seja assunto na imprensa), depois de Vargas Llosa ter passado uma temporada num hotel.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras