Nas Bancas

Khloe Kardashian nega reconciliação com Lamar Odom e apoia o namorado, James Harden

A ‘socialite’ garante que o facto de ter decidido cancelar o divórcio, não significa que esteja numa relação com Odom.

CARAS
30 de outubro de 2015, 10:15

Nas últimas semanas, Khloe Kardashian tem demonstrado o seu apoio incondicional a Lamar Odom e até decidiu suspender o processo de divórcio que estava a decorrer em tribunal desde dezembro de 2013. Contudo, e contrariamente ao que foi veiculado por vários meios de comunicação norte-americanos, este passo atrás não significa que tenha retomado a relação amorosa com o basquetebolista, garante a irmã de Kim Kardashian, de 31 anos. “A tragédia faz-nos pensar numa série de coisas, mas no que toca à nossa relação tudo permanece na mesma, eu apenas estou aqui para lhe dar o meu apoio total. Não tenciono casar-me amanhã com outra pessoa, por isso não tenho pressa de avançar com o processo de divórcio. Não é o momento certo para continuar com isso agora. E também por razões médicas, é melhor deixar tudo em suspenso por agora. Mas isso não significa que me reconciliei com o Lamar. Isso é uma coisa completamente diferente que só o tempo dirá se acontece ou não. Não sei o que o futuro trará”, afirma.
A provar o que diz Khloe Kardashian está o facto de ter viajado para Houston para assistir a um jogo do atual namorado, James Harden, também ele estrela da NBA, e demonstrar que o relacionamento se mantém. Fontes próximas da socialite afirmam que o jogador de basquetebol se tem mostrado muito compreensivo com toda a situação das últimas semanas. “A Khloe e o James nunca se separaram. Ele é muito compreensivo e sabe que os sentimentos da Khloe pelo Lamar vai muito para além dos que as pessoas conseguem entender. Ele percebe a posição dela e apoia-a. O Lamar tem um longo caminho pela frente e a Khloe terá sempre um enorme carinho por ele”, revelam ao E! News.
Recorde-se que Lamar Odom esteve três dias em coma depois de ter sido encontrado inconsciente no quarto de um bordel de luxo no Estado americano do Nevada. Depois de uma semana de internamento em Las Vegas foi transferido para um hospital de Los Angeles, onde os médicos estão agora a trabalhar na sua recuperação. Recuperar a fala, a capacidade de andar e conseguir que os rins em falência voltem a funcionar são, para já, as prioridades da equipa médica, mas não se sabe que outras sequelas a overdose, que provocou mais de uma dezena de AVC’s, deixou. A irmã de Kim Kardashian, bem como a restante família, tem estado a seu lado desde o primeiro momento.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras