Nas Bancas

Lionel Messi vai ser julgado por fraude fiscal

O futebolista argentino é acusado de três crimes, cometidos entre 2007 e 2009.

CARAS
8 de outubro de 2015, 15:28

Lionel Messi e o seu pai, Jorge Horacio Messi, vão ser julgados por fraude fiscal, anunciou hoje um juiz do tribunal de instrução de Gavà, em Barcelona. De acordo com o jornal El País, a procuradoria espanhola pede 22 meses de prisão para o futebolista argentino devido aos alegados delitos fiscais no valor de mais de quatro milhões de euros obtidos pela gestão dos direitos de imagem de Messi.
A agência tributária espanhola solicita ainda uma multa de 4,1 milhões de euros pelos três crimes de fraude fiscal cometidos entre 2007 e 2009.
O Ministério Público espanhol já tinha pedido a absolvição do jogador do Barcelona, no entanto, o juiz deu seguimento à acusação.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras