Nas Bancas

Aos 52 anos, Débora Bloch assume: “Envelhecer não é uma coisa fácil”

A atriz adora cá estar e destaca a simpatia e a gentileza dos portugueses, assim como a gastronomia.

CARAS
6 de outubro de 2015, 10:20

Estar em Portugal é estar de férias, mesmo que os dias sejam passados a trabalhar. Quem o diz é Débora Bloch. A atriz brasileira, de 52 anos, esteve em Lisboa para apresentar a no­va novela da Globo e confessou à CARAS o seu segredo para se manter jovem e em forma. “Quando se trabalha com a imagem, é preciso ter cuidado, não só com a saúde, que é a minha principal preocupação, mas com a aparência. Tenho uma alimentação muito regrada, corro, faço ginástica, pilates e musculação. Mas esse é um hábito que tenho desde criança e é algo de que gosto. Contudo, aqui estou completamente vencida pela gula”, atira, com um sorriso, sem esconder a dificuldade que é lidar com a passagem do tempo. “Envelhecer é um tema na vida, porque não estamos preparados e não é uma coisa fácil. Com o passar dos anos, o espírito vai melhorando, mas a matéria só piora. E temos que aceitar porque é inevitável, mas não é difícil”, sublinha.
Além da sua carreira de sucesso, Débora Bloch encontra muito do seu equilíbrio nos filhos, Júlia, de 21 anos, e Hugo, de 17. “Sou muito próxima dos meus filhos, gosto muito de ser mãe. Gosto de viajar com eles, de estarmos todos juntos. A minha filha está a estudar nos Estados Unidos e no ano que vem o meu filho também deve ir. E é muito difícil deixá-los ir embora. Quando a minha filha saiu de casa foi muito sofrido, demorei muito a habi­tuar-me, as saudades são muitas. Mas é o início de uma outra fase na nossa vida”, remata.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras