Nas Bancas

Caetana Infante da Câmara e João Ribeiro Telles: Casamento de charme no campo

Caetana Infante da Câmara e João Ribeiro Telles oficializaram a relação nos claustros da Capela Nossa Senhora de Fátima, que faz parte da Quinta do Castilho, propriedade da família da noiva, em Santarém. A celebração, que estava marcada para as 17h30 do passado sábado, dia 19, começou 40 minutos depois, com a luz do entardecer.

CARAS
2 de outubro de 2015, 12:00

Passavam 40 minutos da hora marcada quando, no passado sábado, dia 19, Caetana Infante da Câmara entrou nos claustros da Capela Nossa Senhora de Fátima, na Quinta do Castilho, propriedade da sua família, pelo braço do pai, Luís Infante da Câmara. O final de tarde de verão estava idílico e a beleza natural da noiva, realçada pelo modelo da Pronovias de inspiração anos 20 que escolheu para este dia tão importante, provocaram um autêntico burburinho entre os convidados que a aguardavam. A palavra “linda” foi a que mais se ouviu enquanto Caetana percorreu a passadeira vermelha que a levou até ao seu futuro marido, o jovem cavaleiro tauromáquico João Ribeiro Telles. “Estava muito nervosa e o João só se ria quando me viu entrar. Confesso que não demorei nada a escolher o vestido. No primeiro dia em que fui ver vestidos de noiva escolhi logo este”, explicou à CARAS, assegurando: “Foi o dia mais feliz da minha vida. Este foi o casamento que sempre idealizei: aqui em casa, com a família toda e um coro de amigos. Foi o que sempre quisemos.”
A cerimónia religiosa foi celebrada pelo padre Miguel Gonçalves Ferreira e teve momentos de especial simbolismo. Como aquele em que Salvador Taborda cantou um fado para os noivos. “A Caetana está linda. Casei-me com a noiva mais bonita do mundo, não tenho a menor dúvida. Hoje sou um homem muito feliz. A cerimónia foi muito emocionante e este é o dia mais feliz da minha vida, é o dia com que sempre sonhei, que sempre quis, por isso estou muito contente. Namoramos há muitos anos e desde que a conheci que o que mais queria era isto”, confessou João Ribeiro Telles, com um brilho especial no olhar.
Após a cerimónia, os convidados usufruíram do início da noite ao ar livre, onde foram servidos os aperitivos, iluminados por fogo-de-artifício, e todos foram unânimes nos votos aos noivos. “É um dia de muito nervosismo, mas também de muita alegria. Deus queira que sejam muito felizes. A cerimónia foi linda, cantaram maravilhosamente, o senhor padre falou muito bem, tocou nas coisas importantes do casamento, gostei muito. Não dou muitos conselhos ao meu filho, mas espero que ele siga o exemplo da família. O casamento é muito difícil e há que ter muita paciência”, referiu o pai do noivo, o também cavaleiro tauromáquico João Ribeiro Telles.
Também Assunção Ribeiro Telles, mãe de João, confessou a sua alegria por ver o filho tão seguro do passo que estava a dar. “Espero que a Caetana seja mais uma filha, que não seja o João a sair de casa, que seja ela a entrar. Mas acho que cerimónia foi muito bonita, correu tudo muito bem e eles estavam muito contentes. É um dia muito feliz para todos nós”, sublinhou.
O copo-de-água foi servido numa enorme tenda transparente, elegantemente decorada com flores campestres e muitas velas, tudo em tons brancos, verdes e prata. “Apesar de ter três filhas, e de a Caetana ser a do meio, é a primeira que se casa. E é sempre emocionante casar a primeira filha. Sobretudo nesta quinta, que é da nossa família e recebe peregrinos... A capela onde foi a cerimónia tem um sentido muito especial para nós. Foi ótimo casar a Caetana aqui”, afirmou a mãe da noiva, Rita Infante da Câmara, com um sorriso feliz.
Os recém-casados, que se preparam para trocar a pacatez do campo pelo reboliço da cidade, já que vão morar em Lisboa nos próximos dois anos, só irão de lua-de-mel quando o cavaleiro acabar a temporada. “A lua-de-mel só vai acontecer depois das próximas corridas que tenho. Agora ainda vou para a Califórnia e só depois é que vamos viajar, mas ainda não sabemos para onde”, referiu João.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras