Nas Bancas

Vanessa Williams recebe pedido de desculpas da organização de Miss América

31 anos depois de ter sido obrigada a renunciar ao título.

CARAS
14 de setembro de 2015, 16:21

Diz o provérbio que a justiça tarda, mas não falha. E estas palavras aplicam-se perfeitamente à situação vivida por Vanessa Williams este domingo à noite, em Atlantic City, nos Estados Unidos. A atriz, que foi a primeira mulher negra a ser eleita Miss América, em 1983, viu-se obrigada a renunciar ao título dez meses depois de o receber porque a revista Penthouse publicou fotografias suas em que posava nua. Embora as imagens tenham sido divulgadas sem a sua autorização, a organização do concurso pressionou-a, levando-a a entregar a coroa.
E este domingo, dia 13, passados mais de 30 anos, Sam Haskel III, CEO do concurso de beleza norte-americano, fez um pedido de desculpas público à atriz durante a apresentação da edição de Miss América 2016 e ainda a convidou para integrar o júri no próximo ano. Emocionada, Williams, que tem agora 52 anos, reconheceu que foi um gesto “inesperado, mas tão bonito”. “Eu fiz o melhor que pude durante o meu curto reinado com Miss America 1984, em nome da minha família e da minha mãe em particular. Sinto-me honrada por estar de voltar”, acrescentou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras