Nas Bancas

Carla Ascenção e Pedro Ribeiro: “Temos muita sorte por nos termos encontrado”

Prestes a mudaremde casa, a jornalista e o gestor admitemque este é também mais um passo no sentido de cumprirem o desejo de serem pais brevemente.

CARAS
6 de setembro de 2015, 12:00

Quando Carla Ascenção entrevistou Pedro Ribeiro para o Porto Canal, nunca pensou que naquele encontro profissional fosse conhecer a sua alma gémea. Juntos há seis anos, três deles casados, hoje sorriem ao lembrarem-se de como tudo aconteceu. “Houve o feliz destino de nos cruzarmos e foi assim que encontrámos a nossa alma gémea. Temos um pilar sentimental muito forte que nos une e nos permite ultrapassar tudo. Não falta paixão na nossa relação, o que é maravilhoso. Acho que temos muita sorte por nos termos encontrado na vida”, confessou a jornalista. De férias no Algarve, o casal aproveita da melhor maneira o tempo a dois, já que as obrigações profissionais os mantêm muito tempo separados. “Este ano achámos que precisávamos de um verão a dois para matar as saudades, que são muitas, pelo facto de o Pedro trabalhar no Qatar. É fundamental estarmos os dois sozinhos, mas não dramatizamos muito o facto de não podermos estar sempre juntos. Temos muita confiança um no outro, somos os melhores amigos e temos uma relação de grande cumplicidade, o que nos deixa tranquilos com a ausência de cada um”, sublinhou a jornalista. E é com esta certeza no futuro que assumem a vontade cada vez maior de serem pais. “A vontade já não é recente, mas devido à ausência do Pedro temos adiado esse projeto. Estamos a estruturar a nossa vida nesse sentido, porque achamos que tem que ser uma coisa planeada. E acho que, assim que for possível, vai ser uma etapa muito feliz das nossas vidas”, afirmou a jornalista. “A Carla foi a maior prenda que a vida me deu até hoje e, sinceramente, estou muito ansioso por ser pai. Adorava ter uma filha para ser igual à minha mulher”, concluiu Pedro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras