Nas Bancas

Adelaide de Sousa revela que atravessa uma fase muito boa e feliz da sua vida

A atriz e o marido, Tracy Richardson, aproveitaram o fim de semana da festa de verão SIC CARAS para desfrutarem de uns dias na companhia do filho, Kyle.

CARAS
29 de agosto de 2015, 12:00

Quando tem dois ou três dias de folga seguidos, Adelaide de Sousa ‘pega’ no marido, Tracy Richardson, e no filho, Kyle, de cinco anos, e vão os três para qualquer lado, aproveitar o verão e, principalmente, a oportunidade de passar tempo de qualidade em família. Quando os encontrámos no Algarve não estavam propriamente numa dessas ‘fugas’ à rotina, mas quase. A atriz, que tinha de marcar presença na festa de verão SIC CARAS, fez questão de levar consigo os homens da sua vida para desfrutarem do resto do fim de semana juntos. A piscina do Ria Park Hotel & Spa, no Ancão, fez as delícias de Kyle, que não se cansou de brincar com os pais. Entre os mergulhos do fotógrafo e do filho, falámos um pouco com Adelaide, que nos confessou estar numa “fase muito boa e feliz” da sua vida agora que regressou à televisão com a nova novela da SIC, Coração d’ Ouro. E também nos garantiu que lá em casa ninguém se sente incomodado por não haver férias grandes: “O Kyle não reclama e o Tracy também não se importa, eles sabem que estou feliz por voltar a trabalhar em TV e neste projeto. Há já algum tempo que andava a pensar que gostaria de voltar, mas sempre na expectativa de ver que tipo de trabalho seria proposto. Sempre tentei não o fazer só por fazer ou só por dinheiro, e se calhar por isso é que estive parada durante tanto tempo. Quando me propuseram esta personagem, achei que seria muito interessante, e depois, quando me revelaram qual seria o elenco, ainda mais interessante achei. Estou muito feliz e também não me importo nada de não ter férias, já tive muitas.”
Por isso, fins de semana como este “são aproveitados ao máximo”, explicou-nos. “O Kyle adora piscina, praia, e quando tem estes momentos connosco fica sempre muito feliz. Trazemos sempre imensos jogos para fazermos alguma coisa que envolva a família toda, não nos limitamos aos mergulhos. Por exemplo, ele gosta muito de jogar às damas com o pai quando estão na piscina. Também trazemos cartas, jogamos frisbee…”
Apesar de estar mais ocupada agora por causa da novela, Adelaide garante que não compensa o filho das suas ausências com brinquedos: “Não, não caímos nesse erro, nem pensar. Até acho que temos de estar mais vigilantes porque, naturalmente, a criança pede de facto mais coisas e quer sentir-se mais compensada. Mas a compensação não pode passar por aí e acho que nós temos conseguido resistir a isso, temos conseguido que ele perceba que há coisas muito mais interessantes e que dão prazer a longo prazo, do que propriamente o brinquedo. Regra geral, as crianças gostam é de estar com a família e é nossa responsabilidade encontrar coisas que contribuam para o crescimento saudável dele. Às vezes, claro que sim, não temos tempo e damos-lhe um jogo de computador ou deixamo-lo ver televisão, todos os pais fazem isso, mas tentamos fazer quando estamos mais disponíveis uma coisa mais familiar.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras