Nas Bancas

Sarah Jessica Parker

Sarah Jessica Parker

Getty Images

Sarah Jessica Parker nem sempre quis ser Carrie Bradshaw

A atriz terá tentado ‘livrar-se’ várias vezes da personagem mais emblemática da sua carreira.

CARAS
27 de agosto de 2015, 17:37

Quando se fala de Sarah Jessica Parker pensa-se inevitavelmente em Carrie Bradshaw, a personagem mais marcante da sua carreira. Contudo, um colega da atriz, Seth Rudetsky, garante que esta tentou por diversas vezes ‘livrar-se’ do lugar de protagonista da famosa série televisiva O Sexo e a Cidade. Segundo ele, inicialmente, Sarah Jessica Parker não queria aceitar o papel e depois de fazê-lo terá tentado negociar a sua saída em troca de participação noutros projetos a custo zero. [Depois de gravar o episódio piloto], ela não queria fazer a série por ter medo de ficar ‘presa’ ao mesmo papel durante anos”, disse à revista Playbill, adiantando que a atriz mudou de ideias porque a personagem é apaixonante e acabou por cativá-la. “Quando o guião lhe foi entregue, rendeu-se. Mas meses depois, quando soube que a série tinha sido comprada, arrependeu-se e quis sair do elenco. Ela não queria ter um trabalho fixo, gostava de trocar frequentemente de projeto. (…) Ela tentou sair da série várias vezes e até tentou negociar com a HBO, oferecendo-se para trabalhar de forma gratuita em três projetos em troca da anulação de contrato”, recorda Seth, com quem Sarah Jessica Parker trabalhou na Broadway, finalizando: “Basicamente tiveram de convencê-la a cumprir o que tinha sido acordado e agora não se arrepende. Adora ser Carrie Bradshaw”.
O ator deixou ainda no ar a possibilidade de haver uma sequela do filme com o mesmo nome.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras