Nas Bancas

Carla Salgueiro e Nuno da Franca Ribeiro radiantes com a gravidez

Juntos há mais de um ano, a atriz e o empresário vivem dias felizes e serenos enquanto esperam pelo nascimento da primeira filha em comum.

Andreia Cardinali
26 de julho de 2015, 12:00

Carla Salgueiro, de 40 anos e Nuno da Franca Ribeiro, de 46, conheceram-se há 20 anos, numa época em que ambos trabalhavam na moda. Seguiram caminhos diferentes, Carla tornou-se conhecida no mundo da representação e Nuno casou-se, teve duas filhas, Eva, de 19 anos e Sara, de 17, e ficou viúvo há cinco anos. Hoje, estão juntos há mais de um ano e preparam-se para ser pais de uma menina em finais de agosto.
Apaixonados e encantados com esta fase que estão a viver, a atriz e o empresário e criador de vinhos passaram uns dias totalmente dedicados um ao outro, no Salgados Palace, no Algarve.
– Foi um reencontro feliz, o vosso.
Carla Salgueiro – É verdade. Estivemos uns 17 anos sem nos vermos. Íamos sabendo um do outro, porque temos amigos em comum, e reencontrámo-nos há uns dois anos.
Nuno da Franca Ribeiro – A Carla foi com a mãe a um evento que organizei na minha loja de vinhos, convidei-a para jantar e ficámos juntos até hoje [risos]. 
Carla – Acho que nesse jantar me senti logo demasiado confortável com o Nuno. Soube-me bem estar junto dele e achei que queria continuar a fazê-lo [risos]. Mas ainda demorou algum tempo até que começásse­mos a namorar.
– Nuno, para um homem que é viúvo voltar a encontrar o amor deve ser ainda mais arrebatador...
Nuno – Sem dúvida, sinto que tenho uma nova vida. A minha vida continuou, encontrei uma mulher que amo e é um outro amor. Uma nova vida. Devemos seguir sempre com a vida em frente, tenho duas filhas, agora vou ter a terceira e estou como nunca pensei, em família.
– O facto de o Nuno já ser pai traz-lhe um conforto acrescido nesta fase, Carla?
Carla – Sim, mas ele foi pai há muitos anos e as coisas mudam muito. Ele sabe muitas coisas por causa da Eva e da Sara, mas de alguma forma acaba por ser algo novo e diferente.
Nuno – Fui pai pela primeira vez aos 28 anos e aos 46 há mais maturidade e podemos dar uma educação se calhar mais equilibrada.
– E como tem sido a gravidez?
Carla – Maravilhosa. Não tive enjoos, nem as chatices que as grávidas às vezes têm. Nesta fase, com o calor e como a barriga está cada vez maior, às vezes sido algum desconforto e cansaço. Mas à parte isso, é mesmo um estado de graça. É mágico sentir que tenho uma bebé a crescer dentro de mim.
– E o Nuno, tem estado presente em todas as etapas? 
Nuno – Claro. Como o bom pai que vou ser, tenho estado sempre presente e estarei sempre ao lado da minha mulher e da minha filha.
– E como reagiram quando souberam que era uma menina?
Carla –
Acho que fui influenciada pela ideia de que, tendo o Nuno duas meninas, seria um rapaz. Mas depois, na primeira ecografia, e mesmo antes de sabermos o sexo, achei aquele ser tão feminino que fiquei com a ideia de que seria uma menina.
– E já escolheram o nome?
Nuno – Há um nome de eleição e está mais ou menos decidido, mas acho que vamos esperar para ver a cara e perceber se bate certo ou não.
– Há alguma ansiedade para que isso aconteça, para a sentirem nos braços?
Carla – Nos últimos dias tenho sonhado que estou com ela ao colo. Tenho curiosidade em vê-la.
Nuno – Também tenho sentido alguma ansiedade em senti-la no meu colo, em olhar horas a fio para ela [risos].
Carla – Na ecografia a três dimensões vê-se que tem lábios muito carnudos como os meus, mas com um desenho semelhante aos do Nuno. Um misto entre a mãe e o pai [risos].
– Já está tudo preparado para a chegada da bebé?
Já temos muitas coisas e estamos a preparar tudo, mas ainda falta a decoração. Basicamente, falta passar tudo o que temos para o quarto e ultimar os preparativos. Também quero ver se trato de tudo o mais rapidamente possível, até por uma questão de mobilidade da minha parte, já que gosto de fazer tudo e cada vez me sinto mais pesada.
– A gravidez trouxe uma felicidade acrescida à vossa relação? 

Nuno – Claro que trouxe uma grande alegria, mas a nossa paixão já estava presente, vai-se construindo diariamente. Trouxe, talvez, uma maior felicidade.
– E estão preparados para a mudança que um recém-nascido vai trazer à vossa vida?
Carla – Não sei. [risos]
Nuno – Na nossa casa já somos quatro, por isso, aquela coisa de estarmos sempre sozinhos tem de ser programada, mas acho que vai ser giro ter também a bebé nesses momentos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras