Nas Bancas

JLE-ANAROCHA013.jpg

João Lemos

A escolha de... Ana Rocha

A atriz e realizadora portuguesa tem concretizado não só os seus sonhos profissionais, como também os desejos a nível pessoal

CARAS
26 de julho de 2015, 18:00

Natural de Lisboa, Ana Rocha, de 36 anos, formou-se em artes plásticas mas cedo decidiu explorar outros caminhos. Experimentou a interpretação, fez televisão, teatro e cinema, e depois emigrou para Londres, onde estudou cinema e terminou um mestrado em realização, na London Film School. Duas curtas-metragens que assinou foram exibidas no festival internacional de cinema de Cannes, no âmbito da secção Short Film Corner. E se as ambições profissionais se foram realizando, a nível pessoal também não deixou os seus sonhos para trás, concretizando o de ser mãe a 7 de março de 2014, ao lado de Pedro Mendonça, brand manager numa empresa farmacêutica, quando nasceu a filha de ambos, Amália.

FILME: Where is the Friend’s Home?
A simplicidade complexa do ponto de vista de um miúdo. Um filme de Abbas Kiarostami sobre a lealdade numa realidade rural iraniana. Incrivelmente tocante. Marcante para o cinema. Há vários filmes que me marcaram mui­tíssimo, de tal forma que me mudaram a vida, a forma de ver, de ser e de sentir. Este é apenas um deles. Outros, como Still Walking ou Like Father, Like Son, são exemplos mais recentes. A lista é longa...

HOTEL: Pousadas de Portugal e Pestana Palace
Adoro muitas das Pousadas de Portugal e o Pestana Palace em Lisboa. De resto, adorei o Waldorf Astoria em Nova Iorque, por ser histórico e emblemático, mas onde quero mesmo voltar é ao Blakes, em Londres.

RESTAURANTE: Restô
Na costa do castelo, com uma vista única sobre a cidade de Lisboa. Tenho um amor enorme a esta vista. Comida fantástica rematada por uma vista maravilhosa.

VIAGEM: Moçambique
Quero (re)descobrir a história da minha família em filme. Nunca lá estive, mas quero muito (re)visitar e (re)ver o que ouvi e nunca vi. Ainda não sei quando, mas este é certamente um dos meus futuros. Só tenho ainda de o filmar. Das que já fiz, diria que S. Tomé e Príncipe me marcou profundamente. Hei de voltar.

LUGAR: Praia do Farol de Santa Marta e Açores
A praia do Farol de Santa Marta, em Cascais. Não enquanto praia, mas enquanto lugar. Para mim, a magia do romance da arquitetura a fundir-se com o mar. Um lugar único que recomen­de... a maravilhosa Lagoa das Sete Cidades, bem como qualquer lugar nos Açores. Sou apaixonada pelos Açores. Não se pode morrer sem se conhecer os Açores.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras