Nas Bancas

Rita Ferro: O dia-a-dia de uma mulher de 60 anos em livro autobiográfico

O El Corte Inglés, em Lisboa, acolheu familiares e amigos da autora para o lançamento deste segundo diário, “Só se Morre uma Vez”. Valéria Carvalho cantou e declamou um poema de Rita Ferro.

CARAS
12 de julho de 2015, 18:00

Com uma silhueta renovada depois de ter perdido 16 quilos, Rita Ferro apresentou o seu segundo diário, Só se Morre uma Vez. Neste livro, a autora revela sentimentos, inseguranças e receios de uma mulher de 60 anos, sem recorrer a subterfúgios. “É a primeira vez que me sinto feliz num dia como este. Ainda há poucos meses fiz 60 anos e achei que deveria fazer um livro sobre o meu dia-a-dia físico e psíquico. É o dia-a-dia de uma mulher de 60 anos, pós-feminista, avó de sete netos com tudo o que isso acarreta”, explicou a autora, que logo que chegou ao El Corte Inglés, onde foi apresentado o livro, chamou a atenção pela notória perda de peso. “Estou bastante mais magra e sinto-me mais elegante. Fechei a boca e em vez de tratar da dieta, tratei da cabeça, pois andava muito histérica [risos]. Sinto-me lindamente e tenho recebido imen­sos elogios”, contou.
Coube a Vicente do Ó e a Helena Roseta fazerem a apresentação deste livro, que juntou familiares e dezenas de amigos da autora. “Este livro fala dos vários problemas e situações que as mulheres da nossa geração vivem. Tenho mais anos do que a Rita, mas todas nós nos revemos nesta obra”, reconheceu Helena Roseta.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras