Nas Bancas

Grávida de gémeos, Luana Piovani posa com o marido e o filho em Búzios

“Vivemos numa grande harmonia, estamos em paz e sempre a rir e isso reflete-se no Dom.” (Luana Piovani)

CARAS
12 de julho de 2015, 10:00

Antes da sessão fotográfica para a CARAS, em Búzios, Rio de Janeiro, Luana Piovani, de 38 anos, e o marido, o surfista Pedro Vianna, mais conhecido por Scooby, de 26, avisam que Dom, de três, não está no seu melhor, por se ter magoado ao de leve num pé, na praia. Cinco minutos depois, porém, já mais espevitado e conversador, Dom mostra a sua coleção de super-heróis, conta que sabe mergulhar sem tapar o nariz e finge surfar na prancha do pai. Mostra, também, o seu lado mais meigo, ao beijar a barriga da mãe, grávida de seis meses e meio, de gémeos, um rapaz e uma rapariga, que vão chamar-se Bem e Liz. “O Dom está a adorar. Diz que vai ensinar os irmãos a mergulhar e a andar de skate e que vai proteger o Bem. Segundo ele, eu, como sou menina, protejo a Liz”, diz a atriz, que ficou hospedada com a família no charmoso Casas Brancas Boutique Hotel & Spa, na Orla Bardot.
A notícia da chegada de dois bebés de uma só vez apanhou o casal de surpresa. “Estávamos com o ano programado. Pensava engravidar dois ou três meses depois do fim da tournée da peça Mania de Explicação. Além do susto, imediatamente percebi que toda a estrutura da minha vida teria que mudar”, conta a atriz. E a transformação já começou. Em menos de dois meses, a família vai deixar o apartamento do bairro carioca do Leblon, onde Luana vive há 20 anos, para se instalar numa moradia na Barra da Tijuca. “Agora, mais tranquila, já encaro tudo como um grande presente de Deus”, constata.
O marido, Pedro, um dos principais nomes do free surf brasileiro e especialista em ondas gigantes, diz que ter uma grande família é a realização de um sonho: “Estava a viajar quando a Luana me contou. Na altura nem soube o que dizer. Foi uma felicidade enorme! Pelas contas, engravidou nos primeiros dias em que estivemos na Califórnia. Ela tirou o DIU [Dispositivo Intra-Uterino] e viajou um dia depois. Foi muito rápido!”
– Depois do ‘susto’, agora é momento de desfrutar da gravidez?
Luana Piovani – No início foi uma confusão. Tive de pensar que vou ter de contratar uma nova baby-sitter, mudar de carro, de apartamento e, com isso, trocar o Dom de escola. Sou super racional e metódica e fiquei a imaginar, na prática, o que é que isto significava... O Pedro olha para as coisas por um lado menos dramático e, por isso, quando ele chegou de viagem passou-me logo a onda de preocupação e comecei a desfrutar. Agora estamos a escolher um cão para o Dom e temos de organizar as coisas, mas teremos mais espaço e privacidade.
– Sente muitas diferenças entre esta gravidez e a do Dom?
Primeiro, a barriga está bem maior! No total, na primeira gravidez engordei 15 quilos. Nesta, vou tentar engordar só 12. O cansaço também é maior. Mas voltei a fazer musculação, a nadar e a caminhar na areia.
– Gosta de se ver grávida?
Sim. Ficamos com uma beleza menos provocadora. Como sou vaidosa, gosto de escolher roupas que acentuem a barriga e marquem as ancas.
Pedro – Amo ver a Luana grávida, fica ainda mais bonita. Tem uma aura diferente, de mãe...
– E como está o Dom?
Luana – Ele é bem-humorado, doce, não faz birras. Falo com ele de igual para igual, mostro-lhe a realidade. E ele entende, é compreensivo.
Pedro – Só quero que os outros dois venham iguais. O Dom é perfeito, amoroso, não dá trabalho.
– Agora vai chegar uma menina à vossa família...
Dizem que as meninas são mais ligadas ao pai. Espero que sim, porque o Dom anda sempre agarrado à mãe.
Luana – Estou animada. Vou poder comprar laços e golinhas, vai ser incrível enfeitar a minha menina.
– Pedro, o que é que mudou depois de ser pai?
Pedro – Assumi um compromisso maior com o trabalho, as ondas gigantes. Per­guntam-me algumas vezes se não tenho medo de morrer e deixar a família. É um desporto de alto risco, mas, por mais loucura que seja, ali encontrei a felicidade. Hoje, com uma família, trabalho dez vezes mais fora da água, a preparação física é maior. Fiz um curso de apneia que me ajuda a ficar quatro minutos e meio debaixo da água, os meus equipamentos são os melhores...
Luana – O Pedro ficou mais responsável. Passa menos tempo fora, já fez viagens de apenas três dias para apanhar a onda, o swell. Sente que precisa de estar em casa.
– A personalidade forte da Luana em algum momento prejudicou a relação?
Pedro – A imprensa criou uma personagem para a Luana. Quem convive com ela sabe disso. Em cinco anos juntos, mal nos chateámos. Vejo amigos que passam a vida a discutir com as mulheres. Acho que a vêem assim porque ela é verdadeira. E ser sincero por vezes choca as pessoas. Mas para um marido é ótimo, ela diz as verdades na cara e eu também. Assim, continuamos a confiar um no outro. De todos os meus relacionamentos, é o mais fácil, tanto que me casei e tive um filho. A Luana é completa, batalhadora, pensa nos outros, no futuro do país. Hoje todos querem fazer a novela das nove, ser protagonistas. Quem é que, como ela, larga isso para fazer uma peça infantil sem ganhar nada? Ela faz por amor.
Luana – Vivemos numa grande harmo­nia, estamos em paz e sempre a rir, e isso reflete-se no Dom. E vai acontecer o mesmo com os gémeos.
Imaginava-se pai de três filhos, assim tão cedo?
Pedro – A minha família tem uma história conturbada, por isso eu sempre quis um núcleo familiar unido. Essa vontade coincidiu com o momento de a Luana querer ser mãe. Quer ter um filho? Vamos a isso, vou trabalhar mais. Estes últimos anos foram de entrega à carreira, tudo foi acontecendo, os patrocinadores chegaram. Aos 26 anos, sou realizado profissionalmente e fico feliz por conseguir sustentar a minha família.
– Luana, como definiria este momento da sua vida?
Luana – Acho que estou a viver um momento pleno. São muitos sonhos realizados. Tenho uma longa carreira, viajei bastante, conheci muita gente. E hoje parece que estou a viver um filme, a ir para uma casa com churrasqueira, piscina, cheia de crianças e com um marido incrível, de quem sou grande admiradora.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras