Nas Bancas

Especial Maria Barroso: A eterna primeira-dama

Digna anfitriã em Belém, foi também excelente embaixadora do país no mundo.

CARAS
7 de julho de 2015, 18:46

Em 1986, quando Mário Soares é eleito Presidente da República, Maria Barroso passa a ser presença constante ao seu lado, acompanhando-o em inúmeras visitas oficiais no país ou ao estrangeiro e assumindo o papel de anfitriã na receção a chefes de Estado e outras personalidades. Durante dez anos, não se limitou, no entanto, a ser apenas a mulher do Presidente da República. O seu percurso de vida e a sua combatividade não lhe permitiam baixar os braços.
“Na altura não havia um gabinete oficializado, portanto tinha que trabalhar na privacidade. Aquilo que [o cargo de primeira-dama] me dava era a possibilidade de um conhecimento maior do que se passava. Recebia muitas cartas de pessoas que precisavam de apoio”, afirmou Maria Barroso, em dezembro de 2012, numa entrevista a Daniel Oliveira para o programa da SIC Alta Definição.
Na mesma ocasião, Maria Barroso admitia que algumas situações protocolares se tornavam aborrecidas, mas também reconhecia que o lugar que ocupou lhe permitiu o “contacto com algumas personalidades interessantes”, como foi o caso do Papa João Paulo II. “Um grande Papa, que eu conheci e de quem gostei muito, que dizia que deveríamos caminhar para a civilização do amor, baseada na tolerância, na igualdade, na solidariedade, na paz. É nisso que inspiro a minha ação”, revelava.
A sua maneira de ser, discreta, afetuosa, preocupada, e as causas que abraçava, fizeram com que laços de amizade com algumas personalidades se estreitassem de tal forma que nem o passar dos anos – deixou de ser primeira-da­ma em 1996 – os conseguiram quebrar. Foi o caso da ligação com a rainha Sofía de Espanha. “Um dia que cá veio perguntei-lhe se queria um jantar protocolar ou ir a um restaurante, e ela respondeu-me: ‘Obviamente que prefiro ir a um restaurante. Deixa-te de protocolos, que eu quero é sen­tar-me ao pé de ti para conversar’, referiu a ex-primeira-dama, em abril de 2009, no lançamento da biografia Rainha Sofía Fala da sua Vida.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras