Nas Bancas

Avril Lavigne

Avril Lavigne

D.R.

Avril Lavigne chora ao falar da sua doença

A cantora foi mordida por uma carraça e ficou tão debilitada que esteve afastada dos palcos durante cinco meses.

CARAS
1 de julho de 2015, 13:10

Avril Lavigne não conseguiu esconder a emoção ao recordar o que tem passado ao longo dos últimos meses, desde que contraiu a doença de Lyme, uma infeção bacteriana transmitida por carraças que causa febre, fadiga e dores no corpo. Durante uma entrevista para o programa de televisão Good Morning America, a cantora, de 30 anos, explicou em lágrimas que os sintomas da doença a obrigaram a ficar acamada e afastada dos palcos durante cinco meses. [Neste momento] sinto que renasci. Já fiz metade do tratamento e já me sinto muito melhor”, contou a artista, antes de explicar que o apoio dos fãs foi muito importante nesta fase complicada da sua vida: “Sentava-me na cama e via os vídeos que eles me enviavam e fazia exatamente o que estou a fazer agora, chorava”. “Agora só quero terminar o tratamento e fazer o que realmente gosto”, concluiu.
Está previsto que Avril Lavigne regresse aos concertos no dia 25 de julho, em Los Angeles.
A doença de Lyme, muito comum na América do Norte e na Europa, é uma infeção bacteriana que, se não for tratada no tempo devido, pode provocar dores nas articulações, paralisia temporária, dormência, prejudicar os movimentos musculares e causar danos cardíacos. 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras