Nas Bancas

Cristiano.jpg

DR

Motorista que conduzia carro de Cristiano Araújo ia em excesso de velocidade

O cantor brasileiro e a namorada, Allana Moraes, morreram numa acidente de viação na semana passada. 

CARAS
30 de junho de 2015, 13:09

Ronaldo Miranda, o motorista que conduzia o carro que vitimou Cristiano Araújo e a namorada deste, Allana Moraes, admitiu à polícia que estava em excesso de velocidade. Segundo o inspetor responsável pela investigação, Fabiano Henrique Jacomelis, o homem ouviu um dos pneus rebentar antes de perder o controlo do veículo. "Ele confirmou que estava acima da velocidade permitida, mas não se recorda a velocidade que ele ia naquela ocasião. Durante o trajeto percebeu que um pneu furou e, de seguida, de forma abrupta, perdeu o controlo da direção e saiu da estrada", explicou numa entrevista à TV Anhanguera, em Goiás, local onde ocorreu o acidente de viação. 
O condutor da viatura contou ainda às autoridades que não tinha consumido bebidas alcoólicas, não mexeu no telemóvel nem adormeceu antes de se despistar. Caso se conclua que houve negligência, Ronaldo Miranda poderá ser julgado por homicídio involuntário, sendo condenado a uma pena entre dois e quatro anos de prisão.  
Recorde-se que o cantor sertanejo regressava de um concerto na passada quarta-feira, 24 de junho, na companhia da namorada, Allana Moraes, quando o carro onde seguia se despistou e capotou em Itumbiara, no estado de Goiás. 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras