Nas Bancas

Robin Williams

Robin Williams

Getty Images

Mulher e filhos de Robin Williams disputam pertences do ator

Quase um ano depois da sua morte.

CARAS
3 de junho de 2015, 16:37

Dez meses depois da morte de Robin Williams, os seus familiares continuam sem chegar a um acordo quando à divisão de parte da sua herança. Susan Schneider, a mulher, e os três filhos do famoso ator, Zachary, Zelda e Cody, nascidos de casamentos anteriores, disputam roupas e mais de 300 pertences, entre os quais objetos de coleção.
Um tribunal de São Francisco decretou agora que a família do artista terá de conseguir fazer a divisão dos pertences nos próximos dois meses, caso contrário a decisão será tomada por um juiz. “Estivemos hoje no tribunal e o juiz deu-nos mais tempo. Temos de 1 de junho a 29 de julho”, afirmou ontem James Wagstaffe, o advogado de Susan Schneider.
Recorde-se que em documentos entregues em tribunal em dezembro, a mulher de Robin Williams garantia que os seus enteados tinham levado alguns objetos pessoais do pai sem autorização. Na altura, Susan pediu também que a casa onde vivia com o ator não entrasse nas partilhas. Por sua vez, o representante legal de Zachary, Zelda e Cody explica que estes têm “o coração partido porque [Susan Schneider], que foi casada com Williams durante menos de três anos, age contra os desejos do artista, mudando os planos que ele tinha para o seu património”.
Robin Williams foi encontrado morto em casa no dia 11 de agosto de 2014. O ator foi casado com a bailarina Valerie Velardi entre 1978 e 1988 e dessa união nasceu Zachary, de 31 anos. Entre 1989 e 2008 partilhou a sua vida com Marsha Garces e foi pai de Zelda, de 25 anos, e Cody, de 22. O terceiro casamento, com Susan Schneider, remonta a 2011.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras