Nas Bancas

Carlota e Manuel Gião com a filha, Camila

Carlota e Manuel Gião com a filha, Camila

Paulo Jorge Figueiredo

Manuel Gião fala do apoio da família: “Ter o colinho imediato em dias piores é sempre muito bom”

O piloto teve algum azar na sua participação na Seat leon EuroCup, já que bateu e a direção do carro partiu. No final, contou que o apoio da mulher Carlota e da filha, Camila, é fundamental em ocasiões como esta.

CARAS
28 de maio de 2015, 17:00

Sempre que participa em corridas no nosso país, o piloto Manuel Gião, conta com o apoio e presença da família. Desta vez, o apoio foi mais necessário do que o habitual, já que a participação na Seat Leon EuroCup, no Autódromo do Estoril, não correu como esperado. “Não correu muito bem e estou triste. No ano passado fiquei em segundo e esta era a corrida em que queria brilhar. Durante a prova esforcei demasiado o carro, queria chegar ao pódio, levei um toque de um adversário por culpa minha e a direção partiu”, explicou o piloto, falando em seguida da importância da mulher Carlota Gião  ao seu lado, em dias como este: “Ter o colinho imediato em dias piores é sempre muito bom. Ela dá-me logo força para esquecer e pensar na próxima prova. A família dá-me empenho e coragem e é isso que também tento dar em todas as provas que participo. Sou muito competitivo e já sei que os próximos dias vou andar aborrecido e aí quem sofre mais é naturalmente a família. Mas também já estamos todos habituados.”
Assim que terminou a prova Carlota já antevia o aborrecimento do marido: “Ele não gosta de ficar para trás, é competitivo e sei que lhe vai custar, mas infelizmente estes resultados fazem parte”.  

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras