Nas Bancas

PJF-seatleoncup076.jpg

Paulo Jorge Figueiredo

Ricardo Trêpa fala da morte do avô, Manoel de Oliveira

O ator conta que foi um privilégio lidar com o cineasta.

CARAS
21 de maio de 2015, 17:30

Um mês depois da morte do avô, o cineasta Manoel de Oliveira, Ricardo Trêpa assistiu à Seat Leon EuroCup, no Autódromo do Estoril, onde contou como, apesar das saudades, aceita a perda do avô e se sente privilegiado por ter vivido tantos anos junto de tão grande mestre. “A morte é um processo natural da vida e temos de a aceitar. Fui um privilegiado nesse campo, porque desfrutei da companhia dele durante tantos anos.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras