Nas Bancas

Johnny Depp

Johnny Depp

Getty Images

Johnny Depp deixa a Austrália para salvar os seus cães

Os animais entraram ilegalmente no país e se o ator não os retirar, o Governo mandará abatê-los.

CARAS
15 de maio de 2015, 11:59

De acordo com vários órgãos de informação australianos, Johnny Depp já tem planos para deixar a Austrália esta sexta-feira, dia 15, e assim salvar a vida dos seus cães, Boo e Pistol, dois Yorkshire Terrier. Tudo porque os animais entraram no país de forma ilegal – viajaram no jato privado do ator e por isso não passaram pelo controlo das autoridades – e o Ministro da Agricultura australiano Barnaby Joyce fez ontem saber que se não fossem retirados num curto espaço de tempo teria de tomar medidas. “O senhor Depp tem que enviar os seus cães de volta para a Califórnia ou nós teremos de abatê-los. Tem cerca de 50 horas para tirar os cães do país”, disse à imprensa australiana.
O jornal Courier Mail adianta que Johnny Depp, de 51 anos, e a mulher, Amber Heard, de 29, arriscam uma multa e até um processo na justiça por não terem declarado a presença dos dois cães no país. As autoridades só tomaram conhecimento que os animais se encontravam com os donos depois de terem recebido uma denúncia anónima.
De referir que o famoso ator se encontra na Austrália a filmar a sequela da saga Piratas nas Caraíbas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras