Nas Bancas

Johnny Depp

Johnny Depp

Getty Images

Governo australiano ameaça abater cães de Johnny Depp

Tudo porque o ator viajou para o país com os dois Yorkshire Terriers sem informar as autoridades.

CARAS
14 de maio de 2015, 12:46

O Ministro da Agricultura australiano, Barnaby Joyce, deu 50 horas a Johnny Depp para retirar do país, os seus cães, dois Yorkshire Terrier. Caso o ator não acate as ordens, os animais serão entregues às autoridades e abatidos. Isto porque Depp viajou para a Austrália há cerca de um mês para filmar a sequela da saga Piratas das Caraíbas e levou Pistol e Boo, sem informar as autoridades. O protocolo estipulado pelo Governo define que, a fim de evitar a propagação de doenças, todos os animais que entram no país têm de estar devidamente vacinados e devem permanecer pelo menos dez dias em quarentena antes de poderem andar livremente pelas ruas. Regras que o ator, que viajou no seu jato privado, não cumpriu.
“O senhor Depp tem que enviar os seus cães de volta para a Califórnia ou nós teremos de abatê-los. Tem cerca de 50 horas para tirar os cães do país”, disse Barnaby Joyce a vários meios de comunicação australianos.
O tema sensibilizou os admiradores de Johnny Depp, mas também os defensores dos animais e já está a circular uma petição online para apoiar o ator.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras