Nas Bancas

Pistorius.jpg

Getty Images

Oscar Pistorius faz planos para o futuro

O antigo atleta já imagina a sua nova vida fora da prisão.

CARAS
13 de maio de 2015, 15:37

A cumprir uma pena de cinco anos pela morte da namorada, em fevereiro de 2013, Oscar Pistorius já sonha com a vida que terá quando for libertado. A defesa do atleta olímpico interpôs um pedido de liberdade condicional e, se este for aceite, Pistorius poderá sair da prisão no próximo mês de agosto, altura em que terá cumprido metade da pena a que foi condenado.
Ao jornal inglês Sunday Times, Rohan Kruger, o advogado do atleta, falou dos seus planos para o futuro. “O Oscar quer trabalhar com crianças em qualquer oportunidade que surja”, explica, deixando no ar a possibilidade de o seu cliente vir a trabalhar com o tio numa escola em Moçambique e descartando por completo um possível regresso à competição. “Ele sabe que onde quer que vá será sempre o Oscar Pistorius. Um homem tão conhecido não poderá nunca ocultar a sua identidade. E isso também seria fugir ao que aconteceu. Ele não aceitou, de forma alguma, o que aconteceu. Levará muito tempo a fazê-lo. Ele está desolado. Cometeu um erro horrível”, acrescentou ainda Kruger, referindo-se ao homicídio de Reeva Steenkamp.
Sobre a vida do seu cliente na prisão, o advogado explica que este passa a maior parte do tempo sozinho, sem contacto com os outros reclusos, a ler a Bíblia e a rezar. “As condições da liberdade condicional serão definidas pelas autoridades e passam certamente por não beber, não consumir drogas, ir à igreja… Terá também de ter acompanhamento psicológico, para controlar a sua raiva. O tribunal definirá as condições e ele terá de cumpri-las”, adiantou ainda.
Nesta entrevista, Rohan Kruger disse ainda que Oscar Pistorius foi obrigado a vender todas as suas propriedades para fazer face às custas judiciais e tem recusado as várias ofertas recebidas para contar a sua história em livro e em filme.

 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras