Nas Bancas

Morgan Freeman

Morgan Freeman

Getty Images

Morgan Freeman assume que consome marijuana

E defende a liberalização desta droga.

CARAS
13 de maio de 2015, 12:37

Numa entrevista para o Daily Beast, Morgan Freeman admitiu que consome marijuana há vários anos, por influência da sua primeira mulher, Jeanette Adair Bradshaw, com quem esteve casado entre 1967 e 1979. O ator, de 77 anos, assume que é um consumidor ativo desta droga, que diz usar de várias formas: “Eu como, bebo, fumo e cheiro”.
Freeman explica ainda que é a favor da liberalização da marijuana por causa dos usos medicinais que a mesma permite. “Tenho fibromialgia num braço e a única coisa que me alivia as dores é a marijuana”, assegura, ressalvando que o consumo desta droga é muito mais seguro e menos prejudicial do que beber álcool, por exemplo. A estrela de Hollywood adianta ainda que esta droga pode ajudar no tratamento de várias doenças, nomeadamente nas convulsões provocadas pela epilepsia. “Investigadores confirmam que a marijuana pode acalmar e fazer com que as crianças com epilepsia tenham uma vida perfeitamente normal”, explica.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras