Nas Bancas

Alexandra Lencastre aceitou a decisão da filha mais velha de ir viver sozinha

A atriz ficou triste, mas acabou por não contrariar Margarida, que já tem 19 anos.

CARAS
10 de maio de 2015, 10:00

Quando a sua filha mais velha, Margarida, de 19 anos, saiu de casa para ir viver sozinha, Alexandra Lencastre ficou “muito triste, um pouco angustiada e preocupada”, mas agora, passados alguns meses, já se sente mais tranquila. “Ela continua a ir lá a casa todas as semanas. E deu um grande salto de crescimento, estou muito contente. Vamos ver o que vai acontecer, eu estarei cá para a apoiar em todas as circunstâncias”, disse à CARAS no cocktail das marcas MOS Beachwear & Primeboots, na Loja das Meias das Amoreiras.
Margarida decidiu, também, seguir os passos da mãe, o que deixa a atriz preocupada: “O meu grande medo era que ela fosse para o Conservatório! Insisti para ela ir para Direito ou Jornalismo, como o meu pai fez comigo, pois gostava que tivesse uma vida mais tranquila... Possivelmente, não vai ter, mas se calhar vai ser mais feliz assim e eu tenho é de ver as coisas dessa maneira.”
Todas estas mudanças acabaram por ser positivas na relação familiar: “Eu, a Margarida e a Catarina sempre formámos uma santíssima trindade, sempre nos demos muito bem e fomos muito cúmplices, mas é engraçado, porque a nossa relação melhorou, no sentido em que houve uma aceitação de parte a parte. Eu aceitei as escolhas que a Margarida fez e ela começou, talvez, a perceber melhor os meus stresses como atriz, pois já está a sentir alguns na pele. Portanto, há uma maior cumplicidade e compreensão.”
Alexandra confessou ainda estar numa fase bastante serena, apesar de muito cansada: “Já não vinha a um evento há muito tempo e está a saber-me muito bem. Ando muito cansada, mas há um lado fútil que é necessário à vida. Faz-me falta algum convívio, ver caras diferentes, ter outro tipo de conversas, tenho andado, de facto, muito fechada em casa.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras