Nas Bancas

Pequenina Rodrigues sofre acidente de automóvel brutal

À hora de fecho desta edição, Pequenina continuava internada nos cuidados intensivos de Santa Maria.

CARAS
22 de abril de 2015, 14:55

Foi na passada sexta-feira, dia 17, cerca das nove da noite, que tudo aconteceu, na A5, autoestrada que liga Lisboa a Cascais: Pequenina Rodrigues (o nome por que é conhecida Margarida) conduzia o seu automóvel em direção a Carcavelos, onde reside, quando, perto da saída para Linda-a-Velha/Carnaxide, não se terá aperce­bido da presença de duas viaturas da Brisa paradas, tudo indica que devidamente assinaladas, e acabou por colidir violentamente com uma delas quando o carro que seguia à sua frente se desviou das mesmas no último instante.
O choque foi tão brutal que lhe provocou múltiplas fraturas, algumas expostas, e deixou o carro “praticamente aberto ao meio e com os airbags completamente rasgados por ferros”, como descreveu uma testemunha que passou no local minutos depois. Pequenina Rodrigues foi transportada para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde continuava a lutar pela vida à hora de fecho desta edição, para desespero do namorado, o músico Paulo Gonzo, e da irmã, Ana Cristina Nasi.
Abordada pela CARAS na tarde de segunda-feira, quando visitava a irmã na Unidade de Cuidados Intensivos do hospital, Ana Cristina mostrou-se desfeita e preferiu não dar declarações, explicando que sentia imensa dificuldade em falar sobre o assunto.
Licenciada em Gestão de Empresas, pode dizer-se que Pequenina Rodrigues é uma autêntica cidadã do mundo, tendo vivido no Brasil e em Itália, onde a irmã reside a maior parte do tempo, já que é casada com o editor musical italiano Carlo Nasi (primo do famoso Giovanni Agnelli, patrão da Fiat), de quem tem uma filha, Júlia, de 24 anos. Pequenina foi casada com José Anahory, de quem acabaria por se separar, não tem filhos e desde 2010 que é vista regularmente na companhia de Paulo Gonzo, embora os dois prefiram não falar sobre a sua relação amorosa. Aliás, o músico chegou mesmo a insistir que são apenas grandes amigos, mas a verdade é que todos os amigos se referem a eles como sendo um casal.
Pequenina  e  Ana Cristina são filhas de um grande empresário do negócio imobiliário, Mário Rodrigues, com quem Pequenina chegou a trabalhar. Tanto o pai como a mãe, Maria Júlia, são nonagenários.
Presença habitual em alguns acontecimentos sociais, Pequenina gosta de se fazer acompanhar pelos amigos mais próximos nestas saídas, mantendo com alguns deles uma proximidade de décadas. A empresária Catarina Flores, a antiga piloto Joana Lemos, o também empresário Pedro Luz e Sofia Montereal são algumas das caras conhecidas que a acompanham com frequência, muitas vezes em eventos na zona da Comporta, onde Pequenina tem desenvolvido alguns projetos profissionais. Apreciadora da decoração de interiores e da reciclagem de materiais, decidiu comprar naquela região quatro casas de pescadores que recuperou e decorou, interligando-as de forma a criar um refúgio de sonho com vista para o mar, onde gosta de receber os amigos. Os mesmos que se têm revezado nas visitas ao hospital.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras