Nas Bancas

Infanta Elena de Espanha e Luís Figo juntos no Porto para salvar vidas

Além do lançamento da aplicação que ajuda a salvar vidas, durante a sua curta visita ao Porto a infanta Elena de Borbón teve ainda oportunidade de conhecer alguns locais emblemáticos da cidade.

CARAS
5 de abril de 2015, 12:00

Nas poucas horas que passou no Porto, D. Elena de Borbón teve oportunidade de jantar no Clube Portuense, admirar a Torre dos Clérigos, fazer um passeio noturno pela cidade, tomar café no célebre Majestic e conhecer o projeto Joãozinho no Centro Hospitalar de São João. Discreta e amável, assim foi descrita pelos que a acompanharam, a irmã do rei Felipe esteve no Porto para assistir, na Aula Magna da Faculdade de Medicina, à apresentação da aplicação para telemóveis CPR11, que pretende ajudar a prevenir a ocorrência de casos de morte súbita durante a prática desportiva. Uma iniciativa da campanha Joga Seguro, promovida pela Fundação Mapfre, da qual Elena é diretora de projetos, e apadrinhada em Portugal pela fundação de Luís Figo. “Com esta aplicação podemos salvar uma vida e isso é muito importante. E não falamos apenas dos jogadores de futebol nem dos desportistas. Esta aplicação está disponível para todos e pode ajudar os cidadãos em geral”, defendeu o ex-interna­cional português.
Aproveitando estar na presença da diretora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Maria Amélia Ferreira, o candidato à  presidência da FIFA disse ainda, em tom de brin­cadeira: “É uma grande honra estar na sua casa. No final vou pedir-lhe uma cunha, porque a minha filha mais velha quer seguir Medicina.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras