Nas Bancas

Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira

JORGE CASTRO

Filme póstumo de Manoel de Oliveira será exibido em breve

'Visita ou memórias e confissões foi realizado em 1982 precisamente para ser mostrado após a morte do cineasta. 

Lusa
3 de abril de 2015, 11:02

O realizador Manoel de Oliveira rodou Visita ou memórias e confissões, em 1982, para ser mostrado publicamente só após a sua morte e a exibição será feita "nas próximas semanas", disse à Lusa o diretor da Cinemateca, José Manuel Costa.
"É um filme que ele faz, que começa por ser uma referência à casa onde vivia, que teve de deixar por vicissitudes da sua vida. Ao despedir-se da casa quis lembrar coisas da sua vida. Tem um caráter pessoal que, devido a isso, ele pediu para só ser divulgado amplamente depois do seu falecimento", referiu José Manuel Costa.
O filme conta com texto da escritora Agustina Bessa-Luís, vozes de Diogo Dória e Teresa Madruga, e o realizador depositou uma cópia na Cinemateca Portuguesa.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras