Nas Bancas

89.jpg

Getty Images

Morreu Manoel de Oliveira

O realizador tinha 106 anos e morreu esta manhã. 

CARAS
2 de abril de 2015, 13:17
Manoel de Oliveira morreu esta manhã, aos 106 anos. Era o mais antigo realizador de cinema no ativo e do seu currículo constam 32 longas-metragens.
O cinema dava ainda os primeiros passos quando Manoel de Oliveira nasceu, a 11 de dezembro de 1908. E o realizador costumava contar que se recordava de, aí pelos seis anos, ir ver filmes de Charlie Chaplin ou Max Linder com o pai, um industrial portuense que foi o primeiro fabricante de lâmpadas em Portugal. Desse tempo ficou-lhe a vontade de se tornar ator de comédia. Fez um curso de  representação e ainda interpretou pequenos papéis nos filmes  Fátima Milagrosa e A Canção de Lisboa. Mas seria a realização a impor-se na sua vida, estreando-se com a curta-metragem Douro, Faina Fluvial, em 1931. Data de 1942 a primeira longa-metragem, Aniki Bobó, mas só em 1963 voltaria a rodar uma longa-metragem, Acto da Primavera. Foi nos anos 70 que iniciou um trabalho regular nesta área, que manteve a um ritmo impressionante até ao último ano de vida. Ainda em 2014, rodou a curta O Velho do Restelo.
Na sua juventude, Manoel se Oliveira destacou-se no atletismo e chegou a ser campeão nacional de salto à vara. O automobilismo e a vida boémia caracterizaram este período da sua vida, muito antes de o cinema se tornar a sua atividade principal e lhe dar um lugar de destaque no panorama mundial da sétima arte.
Manoel de Oliveira deixa viúva Maria Isabel Brandão de Meneses de Almeida Carvalhais, nascida em 1918 e com quem se casou em 1940. Tiveram quatro filhos: Manuel Casimiro, José Manuel, Isabel Maria e Adelaide Maria. Tinha vários netos, um deles o ator Ricardo Trêpa, e bisnetos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras