Nas Bancas

Sandra Barata Belo e António Zambujo: Amigos da vida real para a ficção

Em ‘Mar Salgado’, Sandra Barata Belo interpreta Júlia, uma mulher vítima de violência doméstica. A atriz espera poder ajudar muitas pessoas na mesma situação com o seu papel, mas teme que não haja uma rede de apoio consolidada na nossa sociedade que transmita segurança às vítimas

CARAS
27 de fevereiro de 2015, 10:53

Sandra Barata Belo não é apenas uma grande admiradora do trabalho de António Zambujo. É, também, uma amiga e a protagonista do videoclip do tema O Pica do Sete, do último álbum do cantor. Por isso mesmo, quando soube que o ia encontrar nas gravações da telenovela Mar Salgado, da SIC, onde dá vida a Júlia, não podia ter ficado mais feliz. “Somos amigos, temos uma relação de vários anos, e o António já fez uma música para um espetáculo meu, o Morreste-me. E o facto dele vir cá à novela foi surpreendente, ainda por cima cantar o Pica do Sete. Vai ser giro vê-lo ao vivo, agora como Júlia”, referiu a atriz, durante um intervalo das gravações.
Longe de estar na sua zona de conforto, António Zambujo aceitou, ainda assim, este convite com um sorriso. “A partir do momento em que estou com a guitarra no colo já estou descansado. E esta é, também, uma forma de promover a música que faço. As novelas são espaços de grande audiência e conseguimos atingir um público que, provavelmente, não conseguia noutras plataformas”, afirmou. Contudo, cantar com Sandra Barata Belo ao lado não o deixou menos nervoso. “O facto de ter a Sandra ali ao meu lado, como sou amigo dela e conheço-a bem, foi um bocado complicado. Sinceramente, não facilitou. Mas acho que correu bem”, assumiu o cantor, que se auto intitula de “canastrão” no que à representação diz respeito.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras