Nas Bancas

Carla Ascenção e Pedro Ribeiro: "Cada viagem é uma partilha de momentos únicos para a vida"

O casal esteve em Nova Iorque e aproveitou para fazer compras, visitar os locais mais emblemáticos da cidade, assistir a espetáculos e ver os New York Knicks a jogar. 

CARAS
1 de fevereiro de 2015, 14:00
Para celebrar cinco anos de união, Carla Ascenção e Pedro Ribeiro viajaram até Nova Iorque numa das épocas mais mágicas do ano. Encantados com a oferta da cidade, viveram todas as experiências e no regresso a Portugal trazem muitas e boas recordações. 
Embora durante o ano a pivô e coordenadora dos telejornais do Porto Canal e o general mana­ger dos centros comerciais do grupo Edara Holding vivam fisicamente separados – ela no Porto, ele no Qatar –, são muitas as oportunidades que criam para estarem juntos, e depois desta viagem a dois, o Natal foi passado em família, na Figueira da Foz. 
Apaixonados e com planos bem definidos para o futuro, apoiam-se profissionalmente e os resultados estão à vista. Bem sucedidos, Carla e Pedro antecipam um 2015 com muitas surpresas e sabem que tudo o que vier é resultado do seu trabalho e dedicação.
– Estiveram em Nova Iorque numa época mágica. Como foi a vossa viagem, o que gostaram mais de fazer? 
Carla Ascenção – Ver a cidade de helicóptero foi uma das minhas melhores experiências em Nova Iorque. Mas também gostei de passear no Central Park e patinar na pista de gelo com os arranha-céus como fundo. Aproveitei para visitar a NBC, assisti a alguns programas informativos e tive oportunidade de partilhar experiências com outros jornalistas. Também no Rockefeller Tower está o Radio City Music Hall, a ‘casa’ das Rockettes, que na época natalícia estão em cena com o espetáculo Christmas Spectacular, o melhor musical de Natal a que já assisti. 
Pedro Ribeiro – Eu sou fã de basquetebol e a primeira coisa que fiz quando cheguei foi comprar os bilhetes para a primeira fila do jogo dos New York Knicks, no Madison Square Garden. Além disso, fiquei surpreendido com a riqueza cultural de Nova Iorque, e os locais mais emblemáticos, como a Estátua da Liberdade, a ponte de Brooklyn, o Empire State Building, o Ground Zero, o Top of the Rock...
– Que recordações trazem?
O sorriso da Carla! Confes­so que fiquei admirado ao vê-la patinar no gelo, não estava à espera que ela soubesse patinar!
Carla – Cada viagem é uma partilha de momentos únicos e de experiências que guardamos para a vida, que nos enriquecem pessoal e culturalmente e nos fazem olhar o mundo com outra clarividência e dimensão.
– Encontraram-se em Paris e foram juntos para o outro lado do Atlântico. Já aprenderam a lidar com a distância?
Não dramatizamos. A distância é um obstáculo que gerimos com naturalidade e que aceitamos de comum acordo. A nossa vida tem sido feita de etapas, mas temos as nossas prioridades e os nossos projetos futuros bem definidos.
Pedro – O Qatar atualmente é o meu país de trabalho, mas o meu coração está no Porto.
– Por falar no Qatar, o Pedro foi recentemente distinguido no Congresso Internacional de Empreendedorismo e Capital de Risco. É recompensador?
Qualquer distinção à qual somos alheios é muito gratifi­cante. Não estava à espera e sinto-me honrado, porque a gran­deza do Congresso, os ante­riores homenageados e o significado desta distinção fez com que, pela primeira vez na minha vida profissional, me sentisse reconhecido pelo meu trabalho.
– Estamos no final de mais um ano. Que balanço fazem?
Completei dez anos de carreira e sinto que tenho traçado um percurso sustentado, as oportunidades têm surgido devido ao meu trabalho. Sempre lutei e trabalhei para alcançar os meus objetivos e 2014 não foi exceção. Foi um ano de conquistas e de crescimento, muito intenso pela enorme responsabilidade e exigência que tenho na apresentação e coordenação dos telejornais do Porto Canal. Mas também tive a honra de abraçar novas causas solidárias, algo que é muito gratificante para mim.
Pedro – O meu 2014 foi muito positivo a todos os níveis, mas destaco o apoio da Carla em todos os momentos. A nível profissional, foi o melhor ano da minha vida. Fui distinguido e abordado por empresas líder a nível mundial no meu sector de atividade e creio que em 2015 poderá haver novidades...
– O Pedro aguarda novidades no próximo ano, e a Carla, o que espera de 2015?
Carla – Espero que seja um ano de continuidade do nosso projeto a dois e que as etapas que delineámos se concretizem. Profissionalmente, terei novos projetos. Sou uma pessoa de desafios constantes, sem nunca me acomodar àquilo que já conquis­tei... Procuro sempre evoluir, colocar-me à prova, crescer e ser uma pessoa mais completa, profissional e pessoalmente.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras