Nas Bancas

Ashton Kutcher

Ashton Kutcher

Getty Images

Ashton Kutcher vai ser testemunha no julgamento do homem que matou a ex-namorada

Ashley Ellerin foi esfaqueada 47 vezes enquanto tomava banho em 2001. 

CARAS
23 de janeiro de 2015, 16:12

Ashton Kutcher foi chamado a depor no julgamento de Michael Thomas Gargiulo, o homem que é acusado de ter matado a ex-namorada do ator, Ashley Ellerin, em 2001. O caso remonta a 2001, quando a jovem, então com 22 anos, foi encontrada morta em sua casa depois de ter sido esfaqueada 47 vezes enquanto tomava banho.
De acordo com o jornal Independent, o ator ligou várias vezes para Ashley após uma discussão, mas como esta não atendeu as chamadas, decidiu deslocar-se a sua casa, em Los Angeles. Depois de ter tocado à campainha e a namorada não ter respondido, decidiu ir embora. Antes de se ausentar, espreitou para a janela, mas viu uma mancha no chão, que pensou ser de vinho tinto. No entanto, tratava-se de sangue de Ashley Ellerin, que já estava morta. O corpo da jovem acabou por ser encontrado pela sua colega de casa.
O alegado assassino, Michael Thomas Gargiulo, ex-técnico de reparação de ar condicionado, é também acusado do homicídio de Tricia Pacaccio, em 1993, e da tentativa de homicídio de Michelle Murphy, em 2008.
Ashton Kutcher, de 36 anos, será chamado a depor nos próximos meses. 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras