Nas Bancas

Petra Nemcova recorda vítimas do tsunami no sudeste asiático: “Agora sei o quão sortuda sou”

A modelo checa esteve na passada sexta-feira, 26 de dezembro, na Tailândia, onde há 10 anos perdeu o noivo, Simon Atlee.

CARAS
28 de dezembro de 2014, 12:30

Petra Nemcova regressou à Tailândia na passada sexta-feira, 26 de dezembro, para participar nas cerimónias que marcaram o 10.º aniversário do tsunami que assolou o sudeste asiático. A modelo checa, de 35 anos, perdeu o noivo, o fotógrafo Simon Atlee, na catástrofe, e fez questão de estar presente no local onde passeou com ele pela última vez na praia de Khao Lak. “Não sabia o que era um tsunami. Nunca tinha ouvido a palavra até àquele momento”, disse ao canal norte-americano NBC News, acrescentando: “O tsunami também me trouxe muitas coisas. Uma delas foi a consciência de quão sortuda sou”, declarou.
Entre sobreviventes, moradores e curiosos, Nemcova acendeu uma vela em memória das vítimas das três ondas que atingiram o sudeste asiático em 2004. À NBC, a top model recordou ainda a última vez que viu Simon Atlee, quando a segunda vaga inundou o bungalow do resort onde os dois estavam de férias. “Foi tudo surreal. As pessoas estavam a correr. E numa questão de segundos a água puxou-nos. Ele dizia: "Petra, Petra, o que se passa?" Foi a última vez que o vi”, explicou Petra Nemcova, que após elevar-se da água, esteve oito horas em cima de uma árvore com a pélvis partida e alguns ferimentos internos.  

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras