Nas Bancas

Morreu Margarida Gautier

A triste notícia foi dada pelo irmão, Francisco Gautier, na sua página de Facebook.

CARAS
17 de dezembro de 2014, 12:32
Margarida Gautier, fotógrafa, filha de Mafalda Ferro e sobrinha da escritora Rita Ferro, morreu esta terça-feira, dia 16 de dezembro. A notícia foi confirmada pelo seu irmão, Francisco Gautier, que lhe dedicou um texto na sua página de Facebook:
"Não estou ainda capaz de articular grandes frases, por isso vou escrever apenas o que me vai agora na alma. A minha mana Margarida foi das mulheres mais fortes que já conheci até hoje. Era inteligente, criativa, carinhosa, divertida, lutadora e muito, muito minha amiga. Tinha também amigos nos quatro cantos do mundo pois sempre foi uma pessoa de grande carisma e com uma alegria de viver incomparável. Nada foi alguma vez capaz de deter a minha irmã Margarida. Apesar de, com o seu coração bom, ter sido muitas vezes magoada injustamente pela vida, ao ponto de vir a sofrer de uma doença perigosíssima, talvez a doença mais perigosa dos tempos actuais, a depressão. A minha irmão lutou durante mais de vinte anos com esta doença, algo que ía e vinha sem qualquer controlo ou ante-visão. O certo é que durante muitos anos faltou informação no nosso país sobre o que realmente significa para alguém entrar em depressão. Depressão não é igual a estar deprimida. Depressão é uma doença grave e continua a somar casos e mais casos, todos eles idênticos aos da minha irmã. Hoje a minha querida irmã Margarida resolveu terminar com este sofrimento. Era já desumano e incapaz de ser suportado. 
Pelo facto de estar a ser mal acompanhada a nível médico e por muitas vezes se auto-medicar, a Margarida entrou numa espiral confusa e vertiginosa, num enorme poço sem qualquer maneira possível de o voltar a escalar. 
Este post não serve apenas para agradecer a todas as pessoas que já me enviaram importantes palavras de condolências, mas também como um Alerta a todas as pessoas que estão ou julgam estar em depressão. Procurem ajuda médica! E se a dos hospitais for escassa – invistam em vós, procurem um bom médico pois a sanidade mental não tem preço. 
Se conhecem alguém assim, não dêem qualquer hipótese e levem-na pelo braço, se for preciso, sentar-se em frente a um bom médico psiquiatra. Sem tabus – mas com um imenso sentido de responsabilidade.
A minha irmão pediu ajuda muitas vezes. Á família, aos amigos, aos médicos, aos psicólogos e até a desconhecidos. E nenhum de nós teve a força ou o know how suficiente para a conseguir ajudar.
A Depressão é uma doença terrível e já chega de virarmos a cara para o outro lado. Temos uma significativa percentagem de portugueses a viver neste momento em estados de depressão, sem que ninguém se aparceba. Muitos deles continuam a ter grandes responsabilidades e outros assumem até posições profissionais de grande destaque mediático, mas é muito dificil dar-se por isso. É, por isto, preciso redobrarmos a atenção de modo a ajudar quem está a precisar. E se for preciso, denunciem a situação a terceiros, a quartos, às pessoas que forem precisas para que se consiga obter o melhor tratamento médico para quem padece desta horripilante perturbação. 
Não considero, como já algumas pessoas simpaticamente me disseram, que tenha sido um acto de coragem, ou como alguns outros, um acto de cobardia. Foi apenas um acto ditado por uma mente não sã. O estado em que a minha querida Margarida se encontrava tinha muito pouco de si própria. Grande parte dos seus actos, pensamentos, inseguranças, preocupações, etc, etc, tinham origem apenas e somente nesta doença. 
Hoje, dia 16 de Dezembro de 2014, a Margarida ficou em paz. Acabou-se o sofrimento. Foi ter com os meus avós que já a esperavam há muito e está lá já a olhar por todos nós. Fotógrafa, criadora de cães, muito alegre e uma tia extremosa para as minhas filhas, são apenas alguns dos tributos das Margarida que nunca esquecerei."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras