Nas Bancas

Família e amigos apoiam Pedro Norton no lançamento do livro “Flores do Mal”

Talento artístico do CEO do grupo Impresa surpreende colegas e amigos.

CARAS
4 de dezembro de 2014, 10:30

A casa Fernando Pessoa era, evidentemente, o local mais apropriado para o lançamento de um livro sobre os vícios de um dos maiores nomes da história da literatura portuguesa. As Flores do Mal de Fernando Pessoa – absinto, ópio, tabaco e outros fumos, uma edição Guerra & Paz, junta, numa edição especial, textos de Pessoa acompanhados por fotografias de Pedro Norton, CEO do grupo Impresa. Numa sala cheia de colegas, amigos e familiares, o gestor revelado fotógrafo mostrou-se orgulhoso: “Quando recebi o convite disse logo que sim, um bocado inconscientemente, mas diverti-me imenso. Foi assim uma certa loucura. Os meus filhos acharam que eu estava louco [risos], mas foi um trabalho muito livre e que me deu imenso gozo.” A mulher, Inês Vaz Pinto, explicou: “O Pedro é um autodidata, compra livros, aprende e treina sozinho, mas é engraçado que, apesar de ele ter este talento, quem fotografa habitualmente a família sou eu. O Pedro dedica-se ao lado mais artístico das coisas.” Um talento reconhecido por todos, incluindo Francisco Pinto Balsemão, que também ele tem um hobby artístico: “Já conhecia este lado artístico do Pedro e acho ótimo que ele tenha esta paixão pela fotografia, é sempre bom termos hobbies. Quanto mais a nossa profissão é exigente, mais devemos procurar outras atividades fora dela, que nos abram horizontes. No meu caso é a música, toco bateria e um pouco de piano, mas nada para fazer discos [risos] .”

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras